O gosto de Agosto


A vida da gente é uma estrada de vai e vem. Comecei agosto meio chateada, parecia que faltava algo em mim. E eu coloquei na minha cabeça que alguma coisa ia ter que mudar esse mês. Foi quando eu comprei o domínio do blog e entrei pra academia, mas parecia que ainda assim faltava alguma coisa.
E foi quando minha vida deu aquela reviravolta do bem, e agora eu tenho toda a certeza do mundo de que estou fazendo o certo, e cá estou eu, arrumando as coisas pra mudar de casa, de cidade, de vida.

Acho que eu nunca mudei tanto em um mês!

E pra fechar Agosto com chave de ouro, o novo banner do blog chegou com tudo. A ideia do banner foi da fofa da Laura, a ilustradora que arrasou no trabalho!
Conheci o trabalho da Laura pelo blog da Dominique, do Desmascarada (vale a pena visitar gente!), e me encantei com o banner que ela fez pra Nique. Adicionei a Laura no Face, contei pra ela um pouco da minha vida, que eu ia me mudar pra Ouro Preto, que eu não tinha nenhuma ideia sobre o banner, mas queria mudar e ela me sugeriu fazer uma menina na janela olhando pra cidade.
Dei uma vasculhada nas minhas fotos e encontrei essa do começo da postagem, de 2011, que eu tirei em Diamantina, e tive certeza que era assim que eu queria o banner!
A Laura teve muita paciência e foi super atenciosa desde quando eu não tinha nem ideia do que fazer, até terminar todo o trabalho. Não preciso nem comentar que eu amei, e que agora já tá tudo do jeito que eu queria pra começar essa nova fase da minha vida: cidade nova, faculdade nova e blog com cara e endereço novo!

Não lembra como era o banner?

Agora ele ficou assim:

Se você gostou da ilustração, pode encomendar uma com a Laura (eu super recomendo!), só adicionar ela no Facebook, aqui.

E mais uma vez lá vou eu agradecer por tudo, de novo! Pra mim, Agosto teve gosto do melhor que se pode ter: felicidade, esperança, paz, e tudo isso junto.

Desejo que Setembro seja tudo o que Agosto foi e muito mais. Mas não tem jeito. Agosto marcou demais. Foi bom demais. Pra mim, o gosto de Agosto foi do melhor doce que existe, ou do melhor sentimento que eu já senti.

Pin It

Trocando cartões postais pelo mundo


Já tinha publicado essa foto lá no meu instagram (segue lá @kamilacomka), e resolvi contar um pouco pra vocês dessa novidade!
Nunca fui de colecionar nada. Tive no máximo uns chaveiros de alguns lugares diferentes que fui e só. Mas dessa vez, vou colecionar cartões postais.
Uma vez uma amiga minha me mostrou a coleção de cartões postais dela. Ela tinha mais de cem, um de cada lugar desse mundo afora. Fiquei encantada. Ela me disse que era um projeto de um site chamado Postcrossing, que ela participava. Adorei a ideia, mas como não na época eu não sabia nada de inglês, era praticamente impossível eu poder participar do projeto, já que os postais devem ser mandados em inglês.
Estudei um tempo de inglês, mas tive que parar pra poder pagar a faculdade. Desde então, só tenho contato com inglês em séries, mas resolvi arriscar e me cadastrar no site.
O cadastro no Postcrossing é bem simples: seus dados, um pequeno perfil que você diz o que gostaria de receber como postal, um pouco e você, as línguas que você fala, enfim.
Você só recebe um postal, depois que o seu chegar na casa da pessoa que você tirou. É uma maneira legal de ninguém ficar sem cartão, já que se as pessoas recebessem antes, talvez nem sempre se lembrariam de mandar. Essa verificação é bem simples: no cartão você vai colocar um número chamado ID, que o próprio Postcrossing vai gerar e te mandar por email, junto com os dados da pessoa que você tirou e assim que o cartão chegar, o destinatário vai entrar no site e cadastrar o ID, assim você já vai entrar na fila do próximo cartão. E assim vai.
Você pode fazer o pedido de enviar até cinco cartões. Eu fiz os cinco, assim vou pro correio uma vez só, e quando receber já recebo logo vários hehehe


Meus destinatários foram pessoas dos Estados Unidos, Rússia, Alemanha, República Tcheca e Bielorrúsia, e os postais são esses da foto aí em cima. Os cartões demoram mais ou menos um mês pra chegar em cada país. Sei que vai demorar pra eu receber os meus, mas já tô super ansiosa hahah

Se alguém quiser se cadastrar no site, é esse aqui. Mas não se assustem com os endereços das pessoas, é bem diferente! haha

Quem aí ama cartões postais? Eu toparia fácil trocar uns com vocês =))

Pin It

O dia que eu comecei a viver um sonho

Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, 22 de Agosto de 2013.

Sempre tive uma boa simpatia pelo número 22. Talvez por ser quase sempre o meu número nas chamadas do colégio, não sei. Cheguei em Ouro Preto dia 22, com a cara, uns documentos e a coragem. Se existia um lugar que eu deveria estudar, se não fosse em São Paulo, tinha que ser em Minas.
Cheguei na Universidade Federal que já tinha visto umas mil vezes pela internet. Mas a sensação de estar ali é completamente diferente. Ouro Preto é mágica. Do prédio que realizei a matrícula, você tem a vista das montanhas lindas e verdinhas de Minas. Foi ali, na fila de matrícula que eu tive certeza que cheguei no meu lugar.
Depois de toda a documentação, fui conhecer repúblicas, uma das tradições de quem estuda em Ouro Preto. Mas sinceramente, acho que é um assunto que merece um post contando exatamente como funciona. É um esquema bem diferente do que só dividir casa com outras pessoas. 
Eu não sei nem o que escrever. Estou em paz. Estou vivendo a vida que eu sempre quis, no lugar que eu sempre sonhei. Só tenho a agradecer.
A Deus em primeiro lugar, que me deu forças pra chegar aqui, aos meus pais, que mesmo quando isso não passava de um sonho de menina de 17 anos não me deixaram perder a fé, e me deram todo o apoio do mundo pra "largar" a faculdade de São Paulo e ir pro lugar que eu sempre quis. Ao meu irmão, que foi obrigado a sair do computador que fica no meu quarto enquanto eu estudava. Aos meus amigos, desde os que eu conheço há mais de 10 anos ou os mais recentes, que escutaram minhas reclamações e lamentações quando tudo isso parecia distante demais pra ser real. A vocês que também leram parte dessas lamentações.
Acho que ainda me faltam palavras pra descrever o quanto eu estou agradecida a vida, por ter me dado essa oportunidade.
E sabe, eu não ligo de recomeçar. Não ligo de não ter entrado na faculdade super nova, ou de "perder" o ano de faculdade que fiz em São Paulo. Não exite nada mais gostoso na vida do que a sensação de fazer o que se quer, o que se gosta. Eu escolhi ser feliz fazendo o que eu gosto, morando onde eu acredito que vou gostar.

Muito obrigada mesmo Deus, vida, destino, tudo. Obrigada, obrigada, obrigada!
Dia 22 de Agosto de 2013: o dia que eu comecei a viver um sonho.
Matriculada e Transferida em Arquitetura na Universidade Federal de Ouro Preto.
E que venha minha nova vida em Minas Gerais.

Pin It

Look do dia: Ouro Preto




Cheguei em Ouro Preto quinta feira!
E vou avisar desde já, que a cidade vai se tornar um assunto frequente por aqui nos próximos anos. Sim, anos. hahah
Mas esse assunto merece um post exclusivo, então nesse vou falar mesmo do que eu usei lá! Precisava de uma roupa que fosse confortável, e quente. De uns tempos pra cá, sinto mais frio que o comum. Como saí de casa e já sabia que ia enfrentar 11 horas de ônibus embaixo de ar condicionado, fui muito bem agasalhada. E dei sorte. Apesar de Ouro Preto ter sol, como fica na serra, é bem friozinho também.
Usei meu cropped tricô que vocês já conhecem (desse post) com uma blusa de manga comprida embaixo, minha legging preferida (com listra lateral), jaqueta de couro, alpargata e meu óculos de sempre haha






Lá pro almoço esquentou um pouco, e eu tirei o tricô

Gostaram? No próximo post vai ter mais fotos da cidade. =)

Pin It

Caixinha do correio: Cartinha com amor, por favor, sem flash!


Vocês se lembram quando do projeto Com amor, por favor, sem flash ?
Esse mês, rolou a primeira troca de cartinhas entre blogueiros, e pra minha alegria, quarta feira minha cartinha chegou! \o/
Fiquei super eufórica! Nem me lembro quando foi a última vez que eu tinha recebido uma cartinha a mão, e a Ca arrasou com o tema!
Quem me tirou foi a Camila do blog Leituras da Ca, e o tema da cartinha dela foi sobre amizade! =)


" Você já parou para pensar sobre o valor da amizade?
Às vezes, nos encontramos preocupados, ansiosos, em volta há situações complicadas, nos sentimos meio perdidos, mas somente o fato de conversarmos com um amigo, desabafando o que está no íntimo, já nos sentimos melhor, mesmo que as coisas permaneçam inalteradas.
Quantas vezes são os amigos que nos fazem sorrir quando tínhamos vontade de chorar, mas a sua simples presença nos trás de volta o brilho da vida. A simplicidade das brincadeiras, a conversa informal naqueles momentos de descontração, uma conversa rápida no telefone, no vai e vem do dia ou da noite, no bate papo pela internet, no ambiente do trabalho ou da escola, enfim, em qualquer lugar a qualquer hora.
Entretanto, não exite só alegria, amor, felicidade nesta relação, ela é como qualquer outro relacionamento, passa por crises passageiras, por momentos intempestivos, abalos ocasionais. Ainda que tenhamos muito carinho pelo amigo em questão, às vezes por insegurança, por ciúmes, por estarmos emocionalmente alterados ou nos sentindo pressionados, acabamos sendo injustos com ele e isso pode ser recíproco.
Podemos comparar esse elo de amizade com o "tempo" que passa por alterações climáticas constantemente, mas é dessa forma que aprendemos a nos conhecer, compartilhar momentos e que se desenvolve uma amizade.
Diante do amigo somos nós mesmos, deixamos vir à tona nossos pensamentos a respeito das coisas, da vida, nos mostrando verdadeiramente como somos.  Há amigos que nos ensinam muito, nos fazem enxergar situações que às vezes não percebemos o seu real sentido, compartilham a suas experiências conosco, nos falam usando da verdade que buscamos encontrar.
São eles também que nos chamam a razão, chamando a nossa atenção quando agimos de modo contraditório, que nos dizem que não queremos ouvir, aceitar ou compreender, são eles que são capazes de nos fazer enxergar nossos defeitos se espelhando nos defeitos dele.
Ao longo da nossa vida, muitos amigos passam por ela e nos deixam saudades, mas também a recordação de tudo que foi vivido. É na amizade verdadeira que encontramos a sinceridade, lealdade, afinidade, cumplicidade, simplicidade e fraternidade.
Amigos são irmãos que a vida nos deu para caminhar conosco ao longo da nossa jornada espiritual, extrapolando os limites do tempo, continuando quando e onde Deus assim o permitir. "

Lindo né? Lembrando que a cartinha e o texto são autoria da Camila.

Se você também gostou da ideia e quer participar do projeto, as inscrições pro próximo mês estão abertas até o final desse mês, as informações do projeto você encontra no grupo do facebook.

Pin It

Esse tal de destino

Diamantina, 2011. 
Eu acredito muito em destino. Sou aquelas pessoas que acham que pra tudo existe um porque, mesmo que esse motivo não seja nada pra mim, posso ter mudado a vida de uma pessoa sem saber. É, destino.
Quando eu estou sem fazer absolutamente nada, penso nas pessoas que estão na minha vida, como cada uma delas entrou e o que cada uma delas significa pra mim. Penso também nos que já foram embora, mas com certeza deixaram sua marca em mim. Nessas horas, penso também se alguma vez na vida já tinha visto uma dessas pessoas, sei lá, talvez uma amiga da faculdade num parque da infância. Mas todas as pessoas entram na nossa vida na hora certa.
E, falando sobre esse tal de destino, acho que ele faz as coisas muito certas. Cada ser humano é um ser único. Vivi coisas que pra mim foram incríveis, mas pra outra pessoa não passa de uma bobagem. Nasci na família certa, no lugar certo. Conheci as pessoas certas. Certas para mim. E sempre busco ir atrás dos meus sonhos.
Mas esse tal de destino também tem um processo, e acontece que, às vezes, pra chegar nas coisas certas, precisamos passar pelas erradas.Precisamos nos enganar e acreditar que tal coisa é certa até que algo nos mostra que não, e que precisávamos passar por tudo isso. Nada contra. Só mesmo pra no fim, a gente saber que chegou no certo.

E é em busca do certo pra mim que estou saindo hoje pra mais uma das minhas aventuras. Se dessa vez é o certo? Não sei, e só o tempo vai me dizer. De qualquer jeito, tem dois amores meus: Arquitetura e Minas Gerais.

E seja o que o destino reserva pra mim.

Pin It

Dica: Ana Maria Brogui


Eu sei que tô de dieta. Mas como não posso testar, achei que vocês iam gostar de ver. Sabe aquelas coisas que você ama, vive comendo em restaurantes, mas nunca consegue fazer em casa?
Pois é, o Ana Maria Brogui é um canal no youtube que ensina a fazer exatamente essas gostosuras! Dá só uma olhada em algumas que o Caio, o super chef já ensinou a fazer:



É de dar água na boca né? Essas e outras receitas você encontra lá no canal do Ana Maria Brogui e você pode acompanhar todas as receitas que o Caio lança pelo Facebook.

Já decidiu qual vai testar primeiro?

Pin It

Como surgiu Mickey Mouse?


Organizando meu quarto, lembrei de uma pasta vermelha A2 atrás da minha prancheta. Tirei o pó que tava na superfície, abri e, como eu senti saudades!
Na minha pasta, tinha todo o meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) do técnico de Design de Interiores que fiz na Etec quando estava no ensino médio. A proposta era criar uma loja de tema livre, e advinha qual foi o meu tema?? hahaha
Tudo começou com minha paixão por crianças. Queria fazer algo infantil, mas que fosse algo que ao mesmo tempo eu gostasse de pesquisar e de criar. Isso tudo aconteceu na mesma época que um amigo meu foi pra Disney e me deixou babando com as fotos que ele trouxe de lá. E nisso surgiu a ideia do tema: criar uma loja do Mickey!
Foi a pesquisa mais gostosa que eu já fiz na vida: ficar pesquisando sobre a Disney! E o que o nosso amigo Walt fez foi muito mais do que um parque de diversão e uns filmes muito bons. Ele realmente criou um outro mundo.
Depois de ver meus desenhos da loja, abri a pesquisa com tudo o que eu levantei sobre Walt Disney, lojas da Disney e o Mickey, e achei legal contar um pouco do personagem, já que foi ele que começou o universo Disney e quem sabe ajudar alguém que for fazer uma pesquisa sobre o mesmo tema.


O primeiro personagem que Walt Disney criou era um coelho que chamava Oswald, em 1927. O coelho era um verdadeiro sucesso, mas Disney perdeu seus direitos ao ser processado pela distribuidora que trabalhava.


Ficou curioso? Dá uma olhada em um dos desenhos do Oswald:


E foi assim que Walt Disney resolveu trabalhar em um novo personagem. A primeira aparição dele aconteceu em 1928, num curta chamado Plane Crazy e seu nome original era Mortimer. Ele foi desenhado por Ub Iwerks e era dublado por Walt Disney:



Esse curta não fez sucesso. Mas, Disney não desistiu, e criou outro curta, que estourou e foi responsável pela fama do personagem, que seria ícone do sucesso de Walt Disney:

Uns 2 anos depois da aparição inicial, a esposa de Walt achou o nome muito sério para o personagem e sugeriu que o novo nome fosse Mickey, além de que ele poderia ser politicamente correto, já que Mortimer fumava e bebia. Foi nesse ano também que Mickey ganhou seu mascote, Pluto, que teve o nome em homenagem a descoberta de Plutão na época.



Com o tempo, Mickey foi ganhando novos companheiros, e crescendo junto com o sucesso de Walt Disney, até chegar ao que hoje nós conhecemos como a Turma do Mickey.

E aí? Gostaram de saber mais da história do Mickey? Se alguém ficou curioso pra ver a loja que eu fiz, tem algumas fotos lá no meu Instagram (Não esquece de seguir, hein?)

Pin It

Mais saúde por favor


Diário de saúde nº 1 

Tive gastrite nervosa no ano de 2011. Era meu ano no cursinho pré vestibular, e eu fazia faculdade junto, raramente almoçava, e deu no que deu. Também engordei bastante nesse ano exatamente por causa da minha má alimentação.
2011 passou, e em 2012, mantive meu peso, e não tive mais gastrite. Tudo andava bem, até um dia desses, quando eu senti uma dor absurda no estômago. Então resolvi que estava na hora de repensar nas coisas que eu andava comendo. Sempre fui muito ansiosa e acabei descontando na comida, principalmente quando acontecia algo na faculdade, aí lá ia eu correndo pro chocolate, ou pra alguma outra coisa que me deixasse "relaxada".
Resolvi trocar meu chocolate da tarde por uma dessas coisinhas da foto. São coisas gostosas, e acabam sendo pouco calóricas ou pelo menos vão me sustentar melhor. Troquei meu pão por integral, meu presunto por peito de peru e meu leite por desnatado. Por um tempo, também vou cortar as massas e frituras, além de tomar mais água, principalmente porque tenho retenção de líquidos. Já marquei uma consulta com a endócrino, pra que ela possa me encaminhar pra um nutricionista, e eu possa fazer uma dieta de verdade, com acompanhamento médico, e sem remédios.


Aproveitei que comecei a cuidar mais da minha saúde, e me matriculei na academia. Sempre fui uma pessoa muito sedentária. Fiz natação quando era criança, mas parei quando tinha 12 anos e nunca mais fiz nada. até matava as aulas de ed. física na escola haha
Por enquanto, resolvi fazer uma hora de aula, três vezes na semana. Primeiro pra pegar o ritmo da academia, segundo porque realmente meu tempo anda super apertado! As aulas voltaram, e como eu trabalho, o tempo livre que sobra é super pequeno. (Aliás, perdão gente! Amo o blog e sei que ando meio sumida, mas minha faculdade vem primeiro!)
Ainda não me pesei depois que comecei a academia (Me matriculei dia 22 de Julho, e nesse dia meu IMC estava 25,4 Sobrepeso - se quiser calcular o seu, entra aqui) mas achei legal compartilhar isso com vocês. Os resultados não são rápidos, mas o primeiro passo, que é querer mudar, eu já dei!

E aguardem outros diários de saúde! :D

E como anda a saúde de vocês? Vocês tem alguma dica pra me dar?

Pin It

Resenha: O Palácio da Meia-Noite


Título: O Palácio da Meia-Noite
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Editora: Suma de Letras
Ano: 2013
Gênero: Suspense
Total: 271 Páginas
Valor: R$ 29,90 na Saraiva
Tempo: 03 de Agosto a 10 de Agosto











Sinopse

Ben e Sheere são irmãos gêmeos cujos caminhos se separaram logo após o nascimento: ele passou a infância num orfanato, enquanto ela seguiu uma vida errante junto com a avó, Arayami Bosé. Os dois se reencontram quando estão prestes a fazer 16 anos: juntos precisam escapar das garras de Jawahal, um espírito diabólico.
Os irmãos contarão com a ajuda da Cjowbar Society, o grupo formado por Ben e outros seis órfãos que se reúnem no Palácio da Meia-Noite, e que prometeram ajudar e proteger uns aos outros em qualquer situação. Velhas histórias de família, há muito esquecidas, levam os adolescentes até as ruínas da velha estação férrea de Jheeter's Gate, onde terão de prestar contas com o passado e enfrentar o temível Pássaro de Fogo. 


Resenha

A história gira em torno da história do passado e futuro de Ben e Sheere. Eles são irmãos gêmeos que foram separados assim que nasceram,  para que Jawahal não os encontrassem. Num primeiro instante, o plano ocorre bem, e por 16 Anos os irmãos crescem distantes, porém vivos.  Mas ao chegar a maioriade, Jawahal volta em busca dos descendentes de Lahawaj, para conseguir vingança do engenheiro. O pai de Ben e Sheere morreu num trágico incêncio na estação de Jheeter’s Gate que levou não só sua vida, como também sua mais bela invenção como engenheiro. E foi o que Jawahal não conseguiu na noite do incêndio que ele voltou pra buscar.
Durante seus anos no orfanato, Ben e seus companheiros, criam a Chowbar Society, um grupo que se reúne no palácio da meia noite, e prometem proteger uns aos outros. E eles levam o juramento até o fim, quando a Chowbar Society se junta contra Jawahal. A história se passa num curto período de tempo, mas com muita intensidade. Já li outros livros do Zafón, e o que eu mais gosto nos livros dele é que ele consegue trazer do passado mistérios que são resolvidos no decorrer da história. Uma diferença entre o Palácio da Meia-Noite e os outros livros dele, é que dessa vez o cenário e Calcutá, diferente da Barcelona dos outros livros.

Achei, como nos demais livros dele, a leitura simples, e que prende o leitor. Porém, aqueles leitores que não gostam de história que sejam fictícias demais talvez não gostem do livro. Gostei da história, mas- e talvez seja um erro- quando comparada as outras histórias que já li do Zafón, acho que essa ficou um pouco atrás dos outros livros dele.

Recomendo a leitura para quem gosta de suspense e ficção.

Classificação
Regular 

Do mesmo autor, já li:
(x) A Sombra do Vento
(x) O Jogo do Anjo
(x) Marina
(  )O prisioneiro do céu
(x) O príncipe da névoa
(x) O Palácio da Meia Noite

Pin It

Nova fase!


Eu vivo mudando. Mas acho que as pessoas mudam o tempo inteiro não é?
Pensei um pouco e achei que já tava na hora de mudar mais algumas coisas na minha vida, e como o blog acaba sendo um reflexo das coisas que eu penso/sinto, achei que também merecia um upgrade!
Primeiro pensei em trocar o layout. Mas cá entre nós: eu ainda não sei como quero, então, por enquanto resolvi mudar só o endereço! E é com muito orgulho que eu lhes informo que agora o Ka com K mudou seu endereço para www.kacomk.com 
Sei que bastante gente já tem gravado no computador como blogspot, mas ele continua redirecionando pro mesmo lugar viu?
Aproveitando pra contar as novidades, também resolvi criar um twitter pro blog. Sei que alguns me seguem no twitter pessoal, mas acabo falando mais bobagens do que coisas sobre o blog, então criei um só pra divulgar as novidades do Ka com K. Quem quiser, pode dar follow na caixinha aqui na lateral direita ou aqui:



To querendo seguir uns twitter legais, se vocês tiverem sugestões, deixem aí, e me mandem seu twitter pra eu seguir! Mas se você não tem twitter, pode seguir o blog através do email, só assinar aqui na lateral ou através do Facebook:



O GFC continua no Ka com K, só que lá embaixo, onde eu acho que ele fica mais bonito hehehe.
Sei que muitos de vocês tem blog. Por isso, vou criar uma aba na lateral com os blogs que quiserem ser divulgados aqui. Eu sempre tento responder os comentários, mas em época de aula, o tempo fica mais curto e eu só consigo responder mesmo de final de semana, então achei legal criar essa aba pra tentar agradecer você que sempre me faz uma visita. Como não sei as pessoas que autorizam divulgação, quem quiser ter o blog divulgado aqui, é só mandar um email pra kamilacomk@live.com.

E por fim, queria agradecer a você, que acompanha o blog, e consequentemente, acompanha minhas aventuras, sentimentos, sonhos, decepções, achados, conquistas, e tudo mais. Criei o blog pra desabafar, escrever umas besteiras, e acabei fazendo amizades muito legais, e conhecendo pessoas fantásticas! Obrigada mesmo!

Que venha uma nova fase no Ka com K, e na vida da Ka.

Pin It

Chá de humildade

Minha cara pra gente que se acha mais que os outros
Eu sempre fui uma pessoa média. Aluna média. Peso médio. Altura média. Mas o que seria uma média? Uma média é a soma de tudo, bons e ruins dividido pela quantidade total.
Ser uma pessoa média, significa ser boa em algumas coisas e nem tão boa assim em outras, mas perceber que no total, as coisas boas superam as ruins, e o resultado final acaba sendo positivo.
Uma vez, estudei com uma menina que era boa demais em tudo o que ela fazia. O exemplo de qualquer professor. Nunca tive oportunidade de perguntar pra ela como ela conseguia conciliar tudo, estudo e vida pessoal, mas acho que não perguntei por medo.
Quando comecei a conhecer ela melhor, percebi mais ainda que ela merecia todo  o mérito pelo que fazia, mas acabei me decepcionando quando percebi que seu ego falava mais alto do que qualquer coisa, e seu maior medo era de existir alguém que fosse comparável a ela. Descobri isso da pior forma possível: a vi pisando em todos que fossem "ameaças" a seu ego, não importando quem fosse, desconhecidos, amigos ou aqueles que não queriam nada além de uma ajuda pra entender qualquer coisa.
Fiquei triste por ela. Fui criada de um jeito que aprendi que jamais devo me sentir superior a qualquer pessoa: somos todos humanos, e iguais. Não importa sua nota no boletim ou sua conta no banco. Sua religião, orientação sexual ou cor de pele. Pare de achar que o mundo é uma competição pra saber quem é melhor. Aliás, melhor em que mesmo?
Na minha opinião o mundo está aí pra ser descoberto, e as pessoas estão aí para serem felizes. Imagina só como seria o mundo se só existisse você. Por mais que você tivesse tudo, seu mundo seria solitário, e você acabaria sentindo como se não tivesse nada.
Tenho certeza que se pessoas assim fossem humildes, nada tiraria o mérito delas, e as tornaria pessoas simpáticas e que todos adorariam conviver. Lembrei dessa menina que estudei hoje, por acaso, quando observei um cara qualquer no metrô ajudar uma moça que nem conhecia com um exercício qualquer. Acho que lembrei dela com dó. Seu ego era tanto que não conseguia nem ajudar aqueles que conhecia, imagina os que não conhecia. Desejo a pessoas assim um pouquinho de chá de humildade, e toda a felicidade do mundo.

Acho que essa é a vantagem de ser uma pessoa média: saber o que é o mais alto, o que é o mais baixo e chegar no meio termo.

Pin It

Imagens do filme: A menina que Roubava livros


Certo dia de 2009, estava eu no mercado sem fazer absolutamente nada, e resolvi dar uma passada no setor de livros. Achei um com uma capa interessante, e nome criativo. Peguei, e comecei a ler "A Menina que roubava livros" ali mesmo, numa poltrona no próprio supermercado. Me apaixonei tanto pelo livro, que comprei na mesma hora pra terminar de ler em casa. Era lançamento, eu lembro de ter pagado muito caro, principalmente porque na época eu só comprava livros em sebo por motivos econômicos. Mas não me arrependo: foi o livro que eu mais gostei até hoje, e vocês já estão cansados de saber disso.
Terminei ele em pouquíssimo tempo, e fiquei com uma ressaca literária sem tamanho. Fui correndo pra internet atrás dos rumores sobre um suposto filme, mas nada muito certo. Me contentei lendo o outro livro do Zusak, Eu sou o mensageiro, e esperando o lançamento dos outros, que só aconteceram esse ano.
Nesses últimos dias, li uma entrevista do Zusak dizendo que o filme já esta sendo filmado desde o começo desse ano (2013) e tem previsão de lançamento para 31 de Janeiro de 2014.
E pra minha alegria, essa semana, a Intrínseca divulgou as primeiras imagens do filme, pra me deixar ainda mais ansiosa pra assistir!







Fonte das imagens: Instrínseca

Quem aí também tá louco pra assistir  logo "A Menina que Roubava Livros"?

Pin It

[Projeto] 4 on 4

Bom dia gente! Lembra que eu comentei que tinha várias novidades e que eu ia soltando nos próximos posts? Essa é uma delas!
Mês passado, combinei com a Luisa, a Bruna e a Danielly e todo dia 04, vamos postar 04 fotos de um tema que combinarmos! Sempre quis participar de um projeto assim e fiquei super contente que elas toparam! Valeu meninas! :D

O primeiro tema do nosso 4 on 4 foi unânime, afinal, quem não ama livros né?

#1: Um dos meus livros preferidos, mas que poucas pessoas conhecem. Já falei dele no blog uma vez. Vale a leitura.

#2: Biblioteca da Kamila desorganizada. Assim que eu encontrar minha estante mostro tudo pra vocês.

#3: Leitura do momento. Aguardem resenha!

#4: Meus 4 livros preferidos, tão até judiados de tanto que eu leio eles.  São os mais emocionantes. Recomendo a leitura de todos eles.
Gostaram? Não esquece de dar uma olhada também no blog das meninas e conferir 4 on 4 delas também: LlaranjaSCappuccino e Bobagens e Mais Cafeína.

Agora me conta, quais são seus 4 livros preferidos? :)

Pin It

Look do dia: Museu Paulista


O Look de hoje é pra ir em um lugar super simples e ao mesmo tempo importante pra mim: O Museu do Ipiranga, ou Museu Paulista. Aquele que tem no seu livro de história e passa na TV todo dia 07 de Setembro. Pra quem não sabe, lá é um parque, e dentro do parque tem o castelo, que é o museu. Foi lá que Dom Pedro proclamou a Independência do Brasil. Não fui no museu hoje, mas já fui lá no mínimo umas 20 vezes, e aproveitei a carona do meu pai, que adora correr lá, pra ficar lá um tempinho lendo um livro.
Aproveitei que ontem o sol deu as caras depois de vários dias de muito frio e fui de shorts de renda ahahah
E perdão pela péssima qualidade das fotos, tirei pelo celular, como vocês sabem, minha câmera continua com problema :(







E sabe o que torna o museu mais especial pra mim? Meus pais se conheceram lá! :)
Se vocês quiserem, outro dia eu volto lá e tiro mais fotos pra vocês verem como lá é lindo!
Queria muito fazer mais vezes Looks do dia, mas nem sempre a gente tem alguém pra tirar fotos, mas sempre que der eu farei viu?
Ah, e eu tenho várias novidades pra contar pra vocês! Mas vou contar durante a semana ok? Não percam ;)

O look foi simples, mas tá valendo, gostaram? Não deixem de comentar!

Pin It