Promessa: deixando de ser Becky Bloom


Se você fosse um personagem, qual seria?

Sem dúvidas Becky Bloom. Não. Eu não me orgulho disso, e eu confesso que tenho mais roupas do que deveria. O que não significa que eu seja fútil, patricinha ou só viva em shoppings. E bom, um drama leva ao outro e lá vou eu explicar o motivo de tanto suspense. 

Faz mais de um mês que eu não vou pra São Paulo. Isso significa que já faz mais de um mês que chegam pilhas e pilhas de pacotes da china no meu quarto: pacotes que eu nem lembro mais o que são, de demora ou de esquecimento mesmo. Mas quando a conta chega, eu lembro de tudo o que eu não deveria ter comprado rapidinho.

Já faz um tempo que eu decidi que ia quebrar minha amizade com o querido MasterCard, mas ainda faltava coragem, que chegou essa semana. 

Lembra do meu desespero com cálculo e GD na faculdade? A missão se tornou quase impossível, e diante de um problema desses, apelei pra tal da promessa.  Primeiro pensei no chocolate, mas cabeça de gordinho é difícil, e achei que não valia tanto. Depois pensei nos drinks. Não que eu seja bêbada de plantão, mas de vez em quando uns drinks não fazem mal a ninguém. Mas, faz pouquíssimo tempo que eu comecei a experimentar esses drinks, e achei que ainda não era hora. E foi quando eu olhei pro meu armário e tive certeza. Seis meses sem comprar roupa se eu passasse em GD, e mais seis se eu passasse em cálculo.


Parte da minha missão quase impossível ganhou, e já estou garantida até o dia 21 de Agosto sem gastar um centavinho com a Becky Bloom que há em mim, graças a um trabalho meu que a professora de GD perdeu e achou só na semana final.

Acho que eu ainda não tenho noção do quanto isso vai ser difícil. Primeiro porque meu armário é dividido em dois: parte aqui em Ouro Preto, e parte em São Paulo. Sempre tem uma coisinha ou outra que não vai estar aqui quando eu precisar, mas eu tenho como me virar não é?

Eu ainda não sei se passei em cálculo, mas já adianto que a missão era ainda mais difícil que a de GD: eu precisava substituir a primeira prova e gabaritar. Estudei demais. Muito. Mas nunca se sabe. 

E aí que eu agora começa o drama de como me vestir sem ser monótona e igual todos os dias? 

Pra minha alegria, ainda tem alguns pacotes pra chegar lá da china. E eu tenho mais roupas do que deveria ter, acho que toda mocinha tem, mas espero que eu não fique entediada nesses seis meses (ou um ano?) de promessa. E agora vem o lado legal pra alguns leitores desse meu blog. Eu tomei vergonha na cara e vou voltar a fazer looks do dia, porém com minhas roupas repetidas. Não garanto todo dia, mas pelo menos umas três vezes na semana. Que cês acham? É um jeito de me dar força pra continuar e dar uma movimentada no meu bloguito. 

Enfim. Enquanto o resultado de cálculo não sai, melhor eu arrumar minha mala, porque amanhã é dia de viajar, e eu to morrendo de saudades da terra da garoa. 

Pin It

Um comentário:

  1. Nossa to na mesma, ou na pior, eu sou muito consumista, sabe aquele tipo de pessoa que vai pro shopping anotando tudo que quer? Chega em casa e junta com as outras outras listas? Não? Prazer, eu. São longas listas de muitas coisas pra comprar, e eu sou menor, não trabalho, meu dinheiro é a base dos meus pais, tá ai o pior, levando meus pais a falência, sentimento de culpa, sim eu tenho as vezes, mas eu não consigo parar!
    www.nicolecorreaa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Oi, tudo bem? Espero que você tenha gostado da postagem. Poxa, você chegou até aqui, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Mas seja sempre positivo, comentários ofensivos serão apagados ok?
Se tiver um blog, deixa o link que eu visito de volta :)

Ah, e volte sempre hein?

Ps: se possível deixe seu link assim: Ka com K =)