Tchau Maio!



Hoje eu passei o dia pensando em coisas que estão ao meu alcance pra me animar. Tentei começar "Cidades de Papel" do John Green, que a maioria das pessoas fala super bem, mas minha distração e o medo de ser mais um romance que me desanimaria chegaram antes que eu terminasse o primeiro capítulo. De qualquer jeito, assim que eu terminar esse post vou tentar voltar a ler.

Sexta pra mim anda sendo um dia complicado. Tenho dispensa da matéria de hoje, então acabo passando o dia adiantando trabalhos ou ficando à toa, que foi o caso de hoje. Tinha combinado com uma amiga de ir numa festa agora a noite, mas ela acabou desanimando, então vou ficar por aqui, escrevendo mesmo.

Minha primeira ideia foi a de tentar escrever um livro. Na verdade, ela surgiu enquanto eu tentava ler Cidades de Papel distraída. Fiquei imaginando qual seria a história que eu ia gostar de ler nessa situação. O tempo por aqui voltou a ficar ruim, e a alternativa era ficar dentro de casa, até mesmo pra não ficar gripada. A ideia de história eu até tenho, mas não sei se estou preparada pra tentar entrar num projeto dessa dimensão, quem sabe mais pra frente né?

A segunda ideia continua sendo algo que mude minha aparência e dê um Up na minha auto estima. Eu tenho essa mania de achar que se eu conseguir começar mudando algo em mim, os outros aspectos vão mudar mais rápido depois. Semana passada tentei entrar na academia, mas o professor teve um problema e estava afastado. Essa semana tentei cortar carboidratos e alimentos mais gordurosos. Deu certo até ontem, quando acabei me afundando na onda da TPM e ido direto pro chocolate.

Dormi um pouco a tarde e quando acordei lembrei que teve uma época ano passado que estava meio pra baixo e tentei ficar pintar meu cabelo. Comprei todos os produtos e fui no salão. Quando cheguei lá, fiz teste de mechas e meu cabelo não passou. Fiquei arrasada. Parece até que é Lei de Murphy: quanto mais você busca uma coisa, mais ela foge de você.

Minha terceira ideia, e talvez a mais acessível, é a de passar uma semana na casa dos meus pais, em São Paulo. Sei que minha mãe não tem o poder de resolver meus problemas, mas ir pra lá vai me trazer a sensação de carinho, vai me acalmar. E os calmos conseguem ver mais soluções do que os desesperados.

De qualquer jeito, Maio já está acabando. (E espero que com ele minha maré de azar também). Sei que Junho não vai trazer de volta o que Maio deixou. Não vou ter de volta os dias de academia que perdi, nem poder ir atrás do que deixei ir embora. Sei que também não vou ter meu vazio preenchido. Mas o que Junho pode e deve trazer é a esperança de que eu viva muito mais, que eu aproveite o tempo que terei, e quem sabe, nessas andanças esqueço desse vazio com algo novo.

Que Junho compense Maio com amor. Vem com tudo Junho, estou pronta pra melhorar.

Pin It

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi, tudo bem? Espero que você tenha gostado da postagem. Poxa, você chegou até aqui, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Mas seja sempre positivo, comentários ofensivos serão apagados ok?
Se tiver um blog, deixa o link que eu visito de volta :)

Ah, e volte sempre hein?

Ps: se possível deixe seu link assim: Ka com K =)