Cápsula do tempo


Desde que eu tenho uns 12 anos, comecei a guardar pequenos pedaços da minha vida que passaram. O folheto de um passeio, uma letra de música, um chaveiro, um boletim, uma carta, um voucher de viagem ou qualquer coisa que eu acreditasse que marcou algo importante pra mim.

De vez em quando, pego essa caixinha e fico revivendo esses pedaços de história. Como aquele momento foi importante pra mim naquela época da minha vida. E como tanta coisa já aconteceu desde então, as conquistas que tive, as surpresas...

Há um tempo atrás, assisti uma matéria no Fantástico que me deixou com muita vontade de encher cada vez mais a minha caixinha ou até mesmo repetir a cápsula do tempo:



Criar uma cápsula do tempo consiste em escrever uma carta para o seu eu do futuro, contando como é a sua vida hoje, seus sonhos, desejos, o que espera quando a cápsula for aberta, como imagina o mundo, entre outras coisas.
 
É quase impossível lembrar da minha vida há 15 anos atrás. Dia 20 de Janeiro de 2000, eu tinha acabado de fazer 6 anos, morava em um apartamento em Santo André e estava me preparando para a primeira série, e provavelmente minha maior preocupação era com os meus brinquedos.
 
Mas como me imaginar daqui 15 anos? Estarei com 36 anos, espero que formada, e sendo bem sucedida na minha carreira. Mas será que estarei casada? Com filhos? Onde será que morarei? Como estarão meus pais e meu irmão? É esquisito pensar em uma vida tão distante e diferente.
 


Domingo, duas amigas minhas vieram me visitar e uma delas tem um encontro em Março, marcado desde 2010, com uma cápsula do tempo. Como nosso grupo de amigos já é de longa data, resolvemos propor a eles de criar nossa própria cápsula, para abrirmos em 2030.
 
Como a intenção é a de eu mesma não me lembrar das coisas que escrevi ou coloquei na cápsula, não posso postar fotos aqui. Mas vale a inspiração de criar algo assim. Daqui 15 anos teremos uma cabeça completamente diferente, e provavelmente não nos veremos mais com tanta frequência, mas eu acredito que a vida vale a pena por tudo o que já vivemos, que é eterno, nunca mudará.
 
E por mais que eu acredite que vou chorar muito quando abrir a minha cápsula (já está sendo difícil escrevê-la), é aí que eu tenho a certeza de que tudo valeu a pena, cada esforço, lágrima, riso e alegria. Quando vejo essas coisas da minha caixinha de lembranças tenho a certeza de ter tido uma vida sensacional. E não há melhor sensação no mundo.

Pin It

Um comentário:

  1. E essa cápsula do tempo é uma ideia super diferente! Deve ser emocionante quando ela é aberta. Beijos flor, fique com DEUS♥

    http://blogonovodedeus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oi, tudo bem? Espero que você tenha gostado da postagem. Poxa, você chegou até aqui, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Mas seja sempre positivo, comentários ofensivos serão apagados ok?
Se tiver um blog, deixa o link que eu visito de volta :)

Ah, e volte sempre hein?

Ps: se possível deixe seu link assim: Ka com K =)