Vlog: Workshop CBBlogers em BH


Fala pessoal, tudo bem com vocês? :)

O vídeo de hoje é mais do que especial: o workshop do CBBlogers, um mega evento de blogueiras que rolou ontem em BH. Quem me acompanha no instagram @kamila__gomes, sabe que eu estava viajando pra Barbacena, aí aproveitei o evento e voltei por Belo Horizonte.

Gostei bastante do Evento, achei as palestras e mesa redonda super interessantes, mas tive um "problema de mobilidade" por causa da minha mala de viagem. Conheci os parceiros, vários blogs super legais, e quando tiver oportunidade vou de novo com certeza.

Agora pra saber tudo o que rolou, é só dar play:





Pin It

Uma tarde em São João Del Rei


Olá pessoal!! Quem me segue no insta @kamila__gomes já sabe que eu estou viajando desde sexta!! Minha parada oficial é Barbacena, e daqui, eu e meu namorado estamos passeando em algumas cidades vizinhas como São João Del Rei e Tiradentes, bom demais né?

No final da viagem vai ter um Vlog com um pouquinho do que rolou, mas o assunto do post de hoje foi uma tarde em São João. Fomos lá bem rapidinho, mas já foi legal o suficiente pra conhecer um pouco da cidade e alguns pontos turísticos. 

O Primeiro lugar que fomos foi a praça da Estação. Nos dias e horários específicos, o trem faz o trajeto até Tiradentes, mas os horários não bateram com o que fomos. 


De lá, fomos até o campus da UFSJ. Lá próximo, tem a igreja de São Francisco, onde nos fundos tem o túmulo de Tancredo Neves. Os horários também não bateram e não conseguimos visitar a igreja, mas deu pra perceber como lá é bonito.


A igreja fica em uma praça, com uns barzinhos e lojinhas em volta. Lá é bem espaçoso, e o dia estava bem gostoso. O diferente é que lembra Ouro Preto, mas ao mesmo tempo são completamente diferentes. As ruas em São João são mais largas, e menos declinadas. As construções alternam com alguns estilos de época, mas não deixam de perder o estilo histórico. 


Terminamos nosso passeio com uma volta no campus da UFSJ, e depois fomos tomar sorvete. Claro que ficou muita coisa pra visitar,mas o pouquinho que conheci já valeu a pena. 

Gravei um pedacinho de lá, e deve ir ao ar quando voltar pra São Paulo e puder editar tudo bonitinho. Então fiquem de olho no canal do YouTube e na pagina do Facebook pra não perder nada! :)

Espero que tenham gostado, e agora vou indo pra aproveitar mais um pouco da minha viagem! Beijos! :)

Pin It

O que você precisa saber antes de morar em uma república?


Olá pessoal, tudo bem? O post de hoje vai ser sobre um tema diferente. mas que trás muita procura ao blog: morar em república. Passar em uma universidade longe de casa é o primeiro passo da independência, mas não é só de festas que se vive: é preciso conviver com várias dificuldades que aparecerão.

Como vocês sabem, quando passei em Ouro Preto, morei em uma república -que não deu certo-, fui morar sozinha, e agora moro em outra república, e mesmo com as dificuldades, gosto demais de lá. Criei alguns tópicos que achei legais e que valiam a pena saber antes de passar por essa experiência.

Convivência
Ao mudar pra uma república, você vai morar com várias pessoas diferentes. Cada um vem de uma casa, uma criação completamente diferente. É essa riqueza de culturas que forma uma república. Isso significa que você precisa aprender a conviver com o outro. Vai ter gente mimada, gente que dá valor e luta pra estar ali, gente que só quer festa, gente que trabalha e estuda, e vários outros extremos. Por isso, é um local em que tudo deve ser conversado, e de acordo. Convivência é tudo, pois esse lugar vai ser a sua nova casa. E não se sentir bem em casa não dá né?

Respeito
Não há relacionamento que resista sem respeito. Isso também funciona dentro de casa. Não acho que sair xingando alguém seja solução pra uma discussão. A maioria das vezes que vi uma discussão foi por causa de invasão de privacidade. A moradora 1 queria que a moradora 2 saísse mais, ou a moradora 3 deu opinião onde não foi chamada na vida da outra. Tome muito cuidado com fofocas, e saiba o limite de quem mora com você. Dê opinião apenas quando for chamada ou em coisas que sejam da casa, ou seja, que você também é dona.

Estudos
Finalmente liberdade! Longe de casa, sem ninguém pra cobrar o que você deve fazer, agora é a hora de ser responsável. Se você não estudar, vai reprovar, e a única pessoa que vai sofrer as consequências é você. É tentador não ter ninguém pra te cobrar e várias festas pra ir, séries pra assistir, passeios pra fazer... Mas não se esqueça do que te levou até ali, e não se deixe influenciar pelos outros.

Limpeza
Pois é. Até eu sair de casa, nunca tinha lavado um banheiro na vida. Então me mudei, e lá foi eu dar um "Google" em como lavar um banheiro. É cômico, se não fosse triste. Mas esse foi só o primeiro dos aprendizados que eu tive. Ninguém quer uma casa suja. Onde eu moro as tarefas da área coletiva são divididas entre todas e cada uma cuida do seu quarto, ou reveza com quem divide quarto. Particularmente, acho que se puderem pagar uma diarista seria o ideal. Do contrário, as tarefas devem ser divididas, alternadas entre as moradoras e ter prazo para serem realizadas.

Cozinha
Advinha quem nunca tinha cozinhado na vida nada além de miojo? No começo,não senti dificuldade pois almoçava e jantava no Ru (Restaurante Universitário). A dificuldade veio quando teve greve e o RU ficou fechado. Aí ou aprendia a cozinhar ou comprava comida pronta. Como nessa época eu morava sozinha, comprava uma marmita e dava pro almoço e jantar. Hoje já sei fazer algumas coisas, mas não dá pra viver só de miojo. Muitas vezes em uma república é um fogão pra várias pessoas, e nem sempre dá pra usar várias bocas.


Alimentação
Miojo, macarrão, hamburger, batata frita, refrigerante, docinhos, pizza e tudo que é delivery. Essa é a primeira opção de alimentação quando não se tem RU. No começo é uma maravilha. Depois começa a sentir falta de uma comida saudável, e sua saúde e peso sentem. Faça de tudo pra não tirar os alimentos saudáveis da sua alimentação. A preguiça é grande, mas o prejuízo na saúde é maior ainda.


Companheirismo
O mais legal de morar em um lugar com pessoas que você gosta é o companheirismo. Assim como uma segunda família, vocês passaram por situações muito boas, que você vai lembrar pra sempre com carinho, e também situações difíceis,em que você descobre quem está mesmo do seu lado. 

Tem sempre uma república pra você
Não é porque a primeira não deu certo que você não vai se encaixar em nenhuma. Uma república é uma mistura de personalidades diferentes, mas ao mesmo tempo, ela tem uma identidade. E nem sempre é a mesma que a sua. Mas no meio de tantos lugares, com certeza, vai ter alguma que você se encaixe e possa chamar de "Segunda Família".

Ainda tem várias outras coisas que quero falar sobre esse assunto,então vou deixar pra outros posts. E você? Tem alguma dúvida que gostaria que eu tirasse? Deixa aqui nos comentários que eu respondo! :)



Pin It

Vídeo: Encontro com Bruna Tavares e Lançamento do livro Um ano inesquecível


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Hoje vim aqui contar de dois eventos que fui essa semana, a aula de Make com Bruna Tavares do Pausa para Feminices. O outro evento foi o lançamento do livro Um ano Inesquecível, com quarto super escritoras, a Paula Pimenta, Bruna Vieira, Babi Dewet e Thalita Rebouças. Pra saber como foi é só dar um play no vídeo:


O evento Beauty Class da Bruna foi no The Beauty Box do Mooca Plaza Shopping, na quinta feira. Se liga em um pedacinho da loja:

 Lá tinha até champanhe e brigadeiro, olha que chiqueza!


Lá tive o prazer de conhecer a Mari do Caixeta com ideias, a Juh do Coisas de Jujuba e a Isa do A louca oficial. Todas elas foram um amor e causamos no evento!

No lançamento do Um Ano Inesquecível as filas estavam gigantescas, então não consegui ficar até o final do evento, e só tenho foto de filas, então nem vale a pena mostrar aqui :(

Mas por hoje é isso! Gostaram? Já foram em eventos assim também? Conta aqui nos comentários pra mim! :)

Pin It

Livro: Faça amor, não faça jogo

 

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Hoje vim aqui falar sobre um livro emocionante: Faça amor, não faça jogo, do Ique Carvalho. Já conhecia o trabalho dele pelo blog The Bro Code, mas tenho fases e fases, e quando o livro lançou não me interessei muito. 

O pai do Ique tem uma doença degenerativa. Muitos dos textos dele são sobre os ensinamentos do pai, ou pedidos que o pai pede ao filho. Hoje, ele não anda, não fala, e se comunica por um Ipad, e mesmo assim com dificuldade. Mas o mais importante não falta: amor. 


No dia dos Namorados, uma galera compartilhou o texto "Amor completo" do Ique, e eu me encantei. Então comprei o livro. 


São pequenos textos que contam trechos da vida de Ique e de seu pai, onde ele aprendeu alguns de seus valores. Contam sobre a doença do pai, como conviverem com isso, o amor nos detalhes, o fim de relações, o lado bom de outras, e até mesmo a morte. 

Assim como no blog, para cada texto tem uma música. Mas se prepare para fortes emoções se for ler os textos com as músicas sugeridas. 


Por mais que eu não goste muito desse estilo de livro, por achar ser "grudento ou ilusório", o Ique aborda de forma leve, e real. Ele expõe o que sentiu de forma que nos colocamos no lugar dele e reconhecemos vários valores. Os textos que mais me emocionaram foram os que ele fala sobre o pai dele. E apesar de vários dos textos estarem no blog, ver todos eles juntos em sequencia é de tocar  coração.

E vocês? Já leram o livro do Ique ou conhecem o blog dele?

Pin It

Experiência de compra na Natasha Tricot


*Este é um post sem qualquer patrocínio

Bom dia pessoal!!! Hoje vou fazer um post que não faço há um tempo aqui no blog.. sobre minhas experiências de compra em algumas lojas na internet. Muita gente tem medo de que seu suado dinheirinho vá em vão (eu inclusive), então acho válido compartilhar minhas experiências em lojinhas não tão conhecidas internet afora. 

Tudo começou ano passado, quando comprei uma blusa no AliExpress com a estampa "Pied de poule",mas que ficou apertada no meu seio. Na época pedi o tamanho maior, então não tinha como pedir outra. Aí joguei "Tricot Pied de Poule" e nas idas e vindas apareceu o site da Natasha Tricot. 

Demorei muito pra comprar por medo de me arrepender, do material não ser bom, e até de ficar pequena como a anterior. Mas me surpreendi, em tudo. O sweater veio nessa caixinha personalizada:


Pedi na sexta feira, comprei pelo pagseguro, e logo meu pedido foi aprovado. Como a diferença era pouca (algo em torno de R$2) pedi Sedex. Meu Tricot chegou na terça feira, embalado com a caixa e um saquinho:


O sweater é tamanho único (M), e fiquei com medo de que não coubesse quando tirei ele da caixa. Mas ele é daqueles que estica (e não fica esquisito), então eu amei,amei amei. Já tá na lista dos meus favoritos. 

Ele é todo "grossinho", como na foto:


Gostei muito da confecção e do sweater, a loja é super confiável e segura. Recomendo a todos! 
A loja online é: www.natashatricot.com.br/

Espero que tenham gostado, e até a próxima! ;)
Beijos!!

Pin It

Mostra: Bar de Gelo em São Paulo

O lado ruim de não morar mais em São Paulo é perder uma série de coisas legais que só acontecem em cidades maiores. Em Maio desse ano teve uma mostra de Turismo no Ibira, com Bar do Gelo, e eu estava em Ouro Preto. Fiquei mega chateada. 

Até que essa semana apareceu no Facebook, que está rolando do dia 03/08 ao dia 11/08 uma Mostra de Bar do Gelo, no Shopping Itaquera, com entrada franca. Nunca tinha ido lá, mas como o Shopping tem ligação direta com o metrô, arrisquei de ir lá, junto com minha mãe.
Ao chegarmos lá, tinha duas filas, a de quem ia entrar, e a da atendente pra agendarmos horário. As próximas três sessões estavam cheias (a entrada é limitada em 12 pessoas), aí agendamos pra 14:00. Passeamos um pouco, e voltamos no horário combinado. Ou antes. Fomos as primeiras da fila. 
Primeiro, recebemos um colete bem grosso e um par de luvas pra poder entrar dentro da "cabine de gelo". Por ser uma mostra, não era um Bar de verdade, ou seja, não vendia nada, era só expositivo. Lá tinham algumas peças de gelo, como um sofá com um boneco sentado, um super herói, uma bancada, uma prateleira de engradados, tudo de gelo.  Podia tirar foto de tudo, mas a luva atrapalhou bastante, então tirei tudo do celular mesmo.

Gostei bastante da Mostra, apesar de pequena e curtinha (o tempo era limitado em 07 minutos). Achei pouco, pela quantidade de pessoas por grupo. Mas como a intenção era mostrar a sensação, o tempo foi ideal. Confesso que nem senti abaixo dos 0º, acho que era a empolgação de ver tanta coisa diferente.

Quem quiser visitar, a Mostra fica no Shopping Itaquera, no 2ª piso (ao lado da C&A). A entrada é gratuita, o agendamento ocorre apenas no local, e vai até o dia 11 de Agosto. Queria ter tirado mais fotos, só da mostra, mas tinha bastante gente, o que dificultou bastante.

E quem sabe logo logo não abre um bar assim aqui em São Paulo né? 


Pin It

Video de compras de make: paletas baratinhas, pincéis e outros



Olá pessoal, tudo bem? O post de hoje vai ser de um jeito diferente! Gravei um vídeo sobre a compra de algumas maquiagens, umas bem baratinhas (paletas de R$ 3) e outras bem legais pra quem tá começando no mundo da maquiagem como eu! Espero que vocês gostem :)



Algumas fotos com mais detalhes das makes:

E aí gostaram? Se inscreve aí no meu canal pra dar aquela ajuda na divulgação :)

Assim que eu tiver mais ideias faço mais vídeos! Beijos! :*

Pin It

Livro: Não se iluda, não


E finalmente eu terminei um dos livros que mais esperei esse ano. O "Não se iluda, não" é a continuação do primeiro livro "Não se apega, não", e dessa vez, Isabela parte da ideia de que após desapegar é preciso aprender a não se iludir. 

O livro é a continuação da história da Isabela, Pedro e Amanda que agora estão em uma viagem na Costa do Sauipe, acompanhados da prima Nataly. Lá, Isabela conhece Gabriel, que é quase tudo o que ela sonhava, exceto por um detalhe: ela não sente por ele o mesmo sentimento. Seu amigo Pedro, tem confundido os sentimentos dela.


Ao voltar pra Juiz de Fora, Isabela e Pedro tem um desentendimento, e Pedro começa a namorar sua prima Nataly. Isabela começa a escrever em um blog sobre suas aventuras e sentimentos, e começa a trabalhar em uma editora com o sonho de poder publicar um livro.

É claro que se tratando da Isabela, tudo vira uma grande confusão, que não vou contar o final, mas deixo a dica de que esse livro logo deve ter uma continuação. 


O que eu achei?

Assim que a Isabela lançou a pré-venda do livro, eu comprei, mais ou menos um mês antes do lançamento. Mandei o livro pra São Paulo, e por isso só consegui ler agora. Sou uma verdadeira fã do primeiro livro. Adorei ver a forma como Isabela se saiu de cada "roubada" e como amadureceu. 

Gostei do segundo livro, mas acho que criei expectativas demais nele. A personagem continua madura, e entrando em tantas confusões quanto antes, mas achei algumas partes forçadas demais, como a antiga relação Pedro-Gabriel. Também achei que a Amanda ficou meio perdida após o início do livro, que faltou uma "continuação" para o que tinha acontecido com ela. 

Vale a leitura do livro, ele é bom, mas não vá imaginando que será tão bom ou melhor quanto o primeiro. O livro termina de uma forma que deixa entender que a história merece um desfecho, então o jeito é esperar o próximo livro.


Por fim, se você se interessar, o blog da Isabela é esse aqui. Para saber mais sobre o primeiro link, é só dar uma olhada em Não se apega, não. Comprei o Não se iluda, não por R$21,10 (com desconto) na Saraiva Online.

Pin It