Minha avó


Hoje o post vai ser um pouco diferente. Hoje eu vou contar a história de uma verdadeira guerreira, que eu tive o imenso prazer de conhecer e mais ainda, de poder chamar de vó. O nome dela é Maria Neves dos Reis Gomes, e não há sequer uma pessoa que a conheça e não se lembre dela com um sorriso no rosto. 

Minha avó era a alegria em pessoa. Sempre brincou com todo mundo, se tivesse intimidade ou não. Sempre foi muito esperta, mesmo sem muito estudo. E sempre foi muito inocente. Ela sempre acreditou naquilo que diziam pra ela. 

Minha avó tinha a gargalhada mais gostosa do mundo. E fazia o doce e as rosquinhas mais gostosas também, lá no forno, daqueles bem diferentes que ficam no quintal de quem mora no interior. Minha avó gostava de viajar e fazer compras na 25 de março e no Brás. E ela adorava passear no shopping. 

Eu sempre ligava pra minha avó no começo do ano pra dizer que ela já podia vir, depois quando estava perto de eu ir, eu ligava e dizia que ela podia voltar com a gente. Mais pro final do ano eu podia ligar de novo e lembrá-la de que o calor estava chegando então ela já poderia vir, e depois eu ia de novo.

Eu não morei na mesma cidade dos meus avós, mas eu sempre contei os dias pra que as férias chegassem logo. A contagem regressiva começava lá pra um mês antes. Depois uma semana. Depois um dia. E assim foram vários anos de "Semana que vem uma hora dessas eu já estou na casa da minha avó", e de muito choro na hora de ir embora. 

Minha avó foi um milagre da medicina. Nos últimos meses, resistiu bravamente e mesmo com todas as dificuldades, ela não reclamou. Não era da natureza dela reclamar. 

E nós nunca estamos prontos para perder alguém, seja como for. Minha avó ficou quase sete meses no hospital. Passou por dias que os médicos falaram que ela não aguentaria e alguns até tinham desistido. Mas ela sempre foi forte. Nós que não estávamos prontos para perdê-la. E acho que a ficha não vai cair tão cedo. 

Eu me sinto mais tranquila quando sei que estive com ela os dias que pude nas minhas férias, e que a última coisa que eu disse antes de ir embora foi que a amava. E eu nunca tinha dito antes. 

Minha vó é e será sempre pra mim uma pessoa muito especial e que foi essencial pra mim, mesmo que morasse longe. Por mais que eu esteja sofrendo agora, sei que ela precisava descansar. E sei também que a saudade que começa nesse dia 21 de Junho não tem data pra acabar.

Vó, muito obrigada por ter sido essa pessoa maravilhosa que a senhora era. A senhora emitia luz, alegria e gargalhada a todos ao seu redor. Eu te amo, e sempre te amarei. 


Pin It

Livro: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática - Thalita Rebouças


Olá pessoal! Mais uma resenha aqui no blog, dessa vez do primeiro livro que li da Thalita Rebouças: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática. O livro conta a história da Teanira, ou Tetê, uma garota que está se mudando de vida, depois que o pai perdeu o emprego, e a família precisou mudar para a casa dos avós. Com todas as mudanças, ela também mudou de colégio, o que trouxe a ela novas esperanças, já que no antigo colégio, ela sofria bastante bullying.


Ao chegar no colégio novo, Tetê logo encontra a sua turma - que também são pessoas diferentes - o Davi, um menino que é criado pelos avós e o Zeca, gay e todo doidinho. E ela logo se encanta pelo Erick, o cara mais gato da sala, mas ele namora com a Valentina, que é a menina mais chatina da sala!


Conforme o tempo foi passando a amizade entre eles foi aumentando, e a implicância da Valentina também. Zeca foi ajudando Tetê a mudar de vida, começando por fora, E logo as coisas começam a mudar, mais pessoas começam a falar com a Tetê e até convite pra festa ela recebeu. Mas aconteceu uma confusão na festa, que levou a outra confusão (sem spoilers!) e Tetê vai precisar de ajuda para mostrar que é inocente. 


 O livro tem uma linguagem super simples, Tetê conta suas histórias e confusões, além de deixar pelo livro várias receitinhas gostosas, já que ela adora cozinhar! Eu amei o livro, e por ser uma leitura leve, terminei bem rapidinho. 

Comprei ele na Livraria Cultura em São Paulo, e paguei R$29,90. Valeu cada centavo. Gostei tanto que estou pensando em dar uma chance pra outros livros da Thalita, aproveitando a minha fase de livros de adolescente. Quem quiser comprar, tem ele na Saraiva por R$23,90, nesse link.

E por hoje é só! Um beijo e até a próxima! :)

Pin It

Cadastre, elogie uma amiga e ganhe uma loção da Boticário!



Quem não gosta de receber algum presente? Um elogio?

É com a proposta de elogiar de uma a seis amigas, que a Boticário está em uma campanha muito legal, e claro, você e suas amigas ganham essa loção hidratante de Ameixa, que além de ótima tem um cheirinho muito gostoso! Retirei a minha ontem, estou amando, e vou contar para vocês como vocês também vão ganhar uma e presentear suas amigas.


Mas Ka, é de graça mesmo? É sim! A campanha consiste em você elogiar suas amigas e você receberá um voucher no site. Elas receberão por email, com o elogio que você fez a ela. Junto com o número do voucher, há as datas que você deve retirar o brinde. Lembrando que a loção é de 100ml e não pode ser trocada. 

E para participar, é só entrar nesse link, fazer o cadastro e ter em mãos o email de uma a seis amigas. Você deverá enviar um elogio para elas através do email, na própria página da promoção, e em seguida escolher uma loja que seja de fácil acesso para você. Eu procurei pelo CEP, e onde eu moro só tem uma loja da Boticário. Depois, recebi um número para retirada, e três datas que eu poderia ir à loja. Fui ontem, e foi super tranquilo retirar, apenas precisa apresentar um documento com foto e CPF. 

Não estou ganhando absolutamente nada para divulgar a promoção ou o Boticário, mas acho que tudo o que é legal deve ser divulgado, e tá aí uma iniciativa de elogios e de todas nós ficarmos macias e cheirosas com a loção!

Espero que tenham gostado! Sempre que eu souber de algo legal vou contar aqui pra vocês! :)

E por hoje é só! Um beijo e até a próxima!


Pin It

Livro: Popular - Maya Van Wagenen



Olá pessoal, tudo bem com vocês? Hoje eu venho aqui com mais uma resenha, e uma vitória pra mim, já que há tempos que eu queria voltar com o meu hábito de ler, e acho que finalmente estou conseguindo. Esse é o segundo livro que eu leio em um mês, o último foi "O Prisioneiro do céu" do Zafón. Mas hoje eu vim contar um pouco da história da Maya pra vocês. 


Maya Van Wagenen é uma adolescente que está no oitavo ano. Na escola em que ela estuda existe uma hierarquia de popularidade, e ela se encontra lá embaixo. Mas sua vida muda quando ela encontra um exemplar do livro "Guia de popularidade para Adolescentes"escrito nos anos 50 por Betty Cornell. Ela se propõe a fazer o que o livro aconselha e a história se passa em um ano, divididos em seu diário com os temas do mês e tudo o que ocorre na vida de Maya.


Aos poucos, Maya vai mudando a forma como se comporta diante dela mesma e até mesmo a como se comporta com os outros. Tem horas que Maya chega a seguir o livro tão sério, que parece uma jovem vintage, com luvas e sapatos de época. Uma graça!


O livro conta uma história real de superação. Maya cresce durante o livro e nos passa uma lição muito importante no final. É muito comum julgarmos os outros sem antes conhecermos, e não tentarmos interagir com o diferente. Ela mostra como uma menina comum pode fazer diversos amigos e andar com quem quiser, basta mudar suas atitudes. 


Eu gostei muito do livro. Achei a linguagem fácil e o enredo leve, que nos prende. Vou confessar que quando vi o livro na Saraiva, fiquei com uma certa vergonha de comprar um livro de adolescente, tendo eu 22 anos nas costas. Mas eu achei ele muito legal, dei uma chance e não me arrependi. Eu gosto desse estilo de livro e enquanto eu achar legal continuarei lendo!

Eu comprei ele na loja física da Saraiva, e paguei R$29,90. Quem se interessar, o valor também está o mesmo no site, e você pode conferir nesse link

Minha nota para o livro: 4 de 5!

E por hoje é só! Espero que vocês tenham gostado e se tiverem sugestões de livros não deixem de deixar nos comentários! Beijos, e até a próxima! :)

Pin It

Look do dia: Teatro


Há quanto tempo que não temos um look do dia aqui no blog não é? O look de hoje foi o escolhido para ir assistir "Boca Rosa a peça", no Teatro Frei Caneca, em São Paulo. O dia estava bem frio, e eu estava quase melhorando de um resfriado, então optei por algo que antes de tudo fosse bem quentinho.

Resolvi aproveitar a ida ao teatro e ousar um pouco nas peças que eu estava usando, mas sem chamar muita atenção. Eu estava com muito frio, e eu tinha duas blusas além dessa jeans e da de gatinho, dá pra acreditar? 

Mas agora falando das peças à mostra. Minha camisa jeans é da Besni, foi um recebido do encontro da Andrea Jesus. Eu adoro quando mostra a gola do jeans e coloca uma blusa de frio em cima. E a escolhida foi esse moletom de gatinha maravilhoso que comprei por um ig do instagram chamado @dreamyou_store. O que eu mais gostei nele foi o detalhe da gola com pérolas!

A calça é tão velhinha que não lembro nem mais onde comprei. Por várias vezes pensei em doar ela, até que resolvi dar uma chance pra ela semana passada e gostei de como ficou!

E esse tênis não é o Air Force, mas sim um modelo que eu uso desde o meu ensino médio. Já tive um prateado que eu amava demais, e um floral que foi até um dos primeiros posts do blog (aqui). Esse é o meu tênis preferido do mundo, e acho que enquanto ele existir vou ter esse modelo! Tenho o meu floral do post até hoje. Eu achei esse "Nike Dunk" branco com detalhes brilhantes, igual o meu prateado do ensino médio no Enjoei. E foi amor à primeira vista, ainda mais por ser mais baratinho do que se eu fosse comprar um tênis branco em uma loja normal. 

E pra finalizar, a minha make nude e rapidez, mas que eu gostei bastante :)
E ai, gostaram?? Deixa aqui nos comentários! Um beijo e até a próxima!! :)

Pin It