Pequenos grandes passos


Escrever de coração aberto é bem difícil. Coisas que deveriam ser simples não são, e eu estou um pouco cansada, se é que é possível. Cheguei em São Paulo para um mês de férias. Tudo lindo, não posso e nem tenho o direito de reclamar de nada. Passei direto nas matérias e algumas até muito bem: minha pior nota esse período foi 6,6. Se levarmos em conta que fiz 7 matérias e que esse foi o período mais difícil psicologicamente falando, temos uma vencedora. 

Pela primeira vez na minha vida, não tem ninguém pra me acompanhar nessas férias. Primeiro que ninguém tira férias em Abril, segundo que todas as pessoas do meu convívio mais próximas estão trabalhando, e meu irmão que não trabalha entrou esse ano na escola técnica e fica fora o dia inteiro. 

O primeiro dia passei em casa assistindo "Os treze porquês". A verdade é que quando a gente fica ocupado demais, sente falta de ter um dia estilo "domingo", que você fica à toa em casa. No segundo dia, tudo começou a pesar. Apesar de não ligar de sair sozinha, me sinto sem forças. Dessa vez eu queria uma companhia para me arrastar pra comer um lanche na Paulista ou ver um filme no cinema. Companhias essas que só podem sair no sábado, e aí tenho vários passeios pros finas de semana (dos quais só vou poder escolher 2), e uma semana destinada a estar em casa assistindo Netflix.

E nesse meio tempo, já marquei curso de culinária, voltei pra dieta, fiz uma limpa de roupas e no quarto, comecei vários episódios novos e tentei começar dois livros. Mas parece que tudo o que eu tento fazer com que prenda a minha atenção, foge. E sim, me sinto mal por isso. 

Hoje fiz uma limpa no meu quarto. Tirei várias roupas pra dar, separei alguns livros que também não quero mais, e estou fazendo de tudo para me alimentar melhor. A verdade é que se reerguer não é fácil, e eu sei que escrever aqui me ajuda muito, então queria deixar um convite:

Vamos nos ajudar? 

Vou escrever uma série de post de mudanças pequenas, mas que podem mudar sua vida. Eu mesma vou me propor às tarefas e vou contar para vocês como foi. Acho que é uma forma de me incentivar a sair dessa zona de conforto e de ajudar vocês também, quem sabe né? 

Lembrando sempre que se você acha que está com algum problema psicológico, não deve hesitar em procurar algum profissional da área, seja um terapeuta, psicólogo ou psiquiatra. 

Nos vemos amanhã! Um super beijo!

Pin It

2 comentários:

  1. Sei como você se sente Ka,me sentia do mesmo jeito,então voltei pro blog e fiz um monte de mudanças e postagens,acabei lendo muito mais do que antes de agora tá tudo bem rs
    Achei legal a sua proposta e vou acompanhar suas tarefas,quem sabe eu tbm não acabe fazendo né?!
    Beijos ^.^
    Little Wonders

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI Jenyffer que legal que o blog te ajudou! Eu também gosto muito de escrever aqui, mas ainda sofro muito nas épocas que estou mal, e acabo me ausentando! Um mega beijo! :)

      Excluir

Oi, tudo bem? Espero que você tenha gostado da postagem. Poxa, você chegou até aqui, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Mas seja sempre positivo, comentários ofensivos serão apagados ok?
Se tiver um blog, deixa o link que eu visito de volta :)

Ah, e volte sempre hein?

Ps: se possível deixe seu link assim: Ka com K =)