[Projeto] Com amor, por favor, sem flash!


Acho super bacana projeto entre blogs. Vagando nos blogs por aí, encontrei no Cappuccino e Bobagens (visitem o blog, a Bruna é uma fofa, tenho certeza que vocês vão gostar!) o projeto da Sarah, do blog Endless Poem, chamado "Com amor, por favor, sem flash!"
Conhecemos muitas pessoas através dos blogs. Muita gente legal, leitores e que nem sempre conseguimos retribuir tanto carinho como gostaríamos. A ideia do projeto da Sarah é de levar mais carinho a essas pessoas através de um texto em carta e uma fotografia só pra você. 
O projeto é uma carta e uma fotografia que se relacionem do jeito que se imaginar, e vai funcionar como se fosse um amigo secreto. Todo mês será uma nova carta que você manda e uma que você recebe. As informações serão fornecidas por email, pela própria Sarah!

Quem se interessou e quiser participar do projeto, tem até o dia 01 de Agosto pra se inscrever (Eu sei que  tá super em cima, mas corre que ainda dá tempo!), e você encontra todas as informações no aqui, ou no grupo do Facebook, aqui

Curtiram? Bora mandar cartas? =)

Pin It

Ganhe 30 fotos reveladas


Eu amo fotografia. Seja minha, de uma viagem, numa farra com meus amigos, de um momento qualquer.
Só que com toda essa modernidade, as vezes tiramos umas mil fotos, jogamos no Facebook e por falta de tempo mesmo, acabamos esquecendo de revelar.
Há um tempo atrás, perdi meu notebook, e perdi fotos de uma vida inteira. Vocês não tem ideia de como fiquei triste. De lá pra cá, dou muito valor a fotos no papel e faço de tudo pra revelar elas e ter os arquivos guardados não só no computador. Tô até com um projeto de fazer um painel de fotos há um tempo..
E foi numa dessas, procurando lugares baratos pra revelar, que eu encontrei o Nicephotos, e a promoção que eu vou mostrar pra vocês agora!
Acho que todo mundo gosta de ganhar algo né? Eles tem uma promoção que quem se cadastra a partir de um convite, ganha 30 fotos 10x15 reveladas. E todos que se cadastram ganham, não é sorteio. Bacana né?
Você só paga o frete, que não é caro. E você já ganhou as fotos, que são bem mais caras que o frete né?

Quem se interessou e quiser ganhar as 30 fotos, só precisa escolher as fotos e fazer o cadastro nesse link.

Assim que minhas fotos chegarem, eu monto meu mural e mostro pra vocês, que tal? =]

Pin It

Só mais uma sexta


Fazia parte da rotina dele aquilo tudo. Já estava acostumado a toda sexta feira a noite, colocar sua mochila e ir pra rodoviária lá por volta das 22:00 e ficar lá, esperando a meia-noite, e depois, esperar mais seis horas de sono e ar condicionado pra chegar em casa. Não era a vida que ele sonhava. Mas era o que precisava passar pra chegar nessa tal vida dos sonhos.
Era mais uma dessas sextas qualquer. Como sempre, lá estava o nosso herói, mais uma vez esperando. Colocou seus fones, e observava o vai e vem da rodoviária: pra onde será que essas pessoas vão? Algumas pessoas já eram conhecidos de vista, aqueles frequentadores das rodoviárias às sextas a noite. Mas os novatos sempre eram mais interessantes.
Percebeu uma família que ia passar as férias em outro estado, uma mãe que se despedia do filho, o casal de namorados apaixonados, um pai com suas filhas gêmeas, e uma moça perdida. Foi nela que fixou o olhar.
Primeiro, porque ela lhe pareceu familiar. Segundo, porque ela realmente não sabia o que fazer. Carregava uma mala que mal conseguia empurrar, em cima dessa outra mala menor, uma mochila, uma bolsa de mão e tentava equilibrar um livro, fones de ouvido, descanso de pescoço e a passagem na outra mão. Não era de se esperar que logo a rodoviária inteira observasse a moça equilibrista.
A moça observou mais uma vez a passagem, e enquanto seus olhos procuravam a tal plataforma, passou por nosso herói, e parou há alguns metros dele, onde criou sua própria cadeira de malas. Ela parecia gostar de se virar sozinha, ou pelo menos tentava fazer isso muito bem. Sentou. Observou suas mãos vermelhas que ardiam, e como num consolo abanar o ar na tentativa de sanar a dor. Não se importava no que os outros pensavam dela. Vivia num mundo tão seu, que nem sabia se as pessoas realmente observavam ela.
Nosso herói esboçou um sorriso ao observar a moça equilibrista. Imaginou como seria a vida dessa moça, pra onde ela ia, o que fazia, do que gostava. Mas antes que pudesse se atentar a mais detalhes, a moça equilibrista tomava seu rumo na direção oposta, e deixava nosso herói com suas perguntas sem respostas, e talvez um amor perdido.

Era só mais uma sexta feira a noite na rodoviária.

Pin It

Sweaters pra você esquentar (e arrasar) nesse inverno


Como vocês sabem, voltei pra casa essa semana, e cá entre nós: como tá frio em São Paulo!
Lá no norte de Minas, as temperaturas estavam bem altas semana passada, em torno dos 30º, bem diferente dos 10º que está fazendo essa semana aqui na terra da garoa, e mais diferente ainda das cidades do sul que estão até nevando!
 E é só dar um friozinho assim que eu lembro da melhor-peça-de-frio-do-universo: o sweater! Não inventaram peça melhor pra deixar a gente bem aquecido né? Só perdem mesmo pro cobertor! E melhor ainda se for um sweater bonito e diferente né?

Sou apaixonada pelos sweaters da loja parceira do blog, a Acessórios para meninas, quero todos, mas enquanto não me decido, resolvi mostrar os que eu mais gostei pra vocês! hahah






São lindos né? Se alguém gostou de alguma peça da loja e for leitora do blog, pode usar o código KACOMKA e ganhar desconto nas compras! Uhuul! 
Ah, todas as peças são gringas, e o frete é grátis pra todo o Brasil! =]

Agora? Só escolher e arrasar no look. 

Pin It

Trem, vem ver as fotos Uai!


De volta a São Paulo, hora de ver o resumão da viagem pelas fotos!
Pena que eu acabei tirando poucas fotos! Tinha planejado tirar muito mais (principalmente na Festa de Julho), mas como minha câmera é grande, era complicado levar ela pra todos os lugares, ainda mais nesses lugares com multidão! Então o resumão vai ser mais uma vez das fotos do celular!


Tirei essa foto da vista do avião, quando eu tava indo pra Belo Horizonte! Sei que é clichê, mas amo tirar fotos assim hahah


Depois de passar um dia em Montes Claros, que é a cidade grande que tem perto da cidade da minha avó (e a cidade que tem o aeroporto haha), hora de pegar a estrada e ir pra Bocaiúva, que fica a 45 km de lá!

Em Julho, sempre tem duas festas em Bocaiúva. A primeira é a Festa do Senhor do Bonfim. Nela tem um momento que ocorre uma queima de fogos de uns 30 minutos! Não estava em um lugar muito favorável pra foto, mas essa foi uma das melhores que eu consegui tirar! (Agora imagine a pior hahahh)

Esse foi provavelmente o dia mais quente que eu passei lá dessa vez! Dá pra ver que é bem calor (e interiorzão) lá né? Essa foto é na entrada de Guaraciama, uma cidade perto de Bocaiúva

Nada melhor do que passar um tempinho pensando na vida em uma rede né?

Falando em rede, é essa a visão que eu tenho nela de dia!

 E essa é a Safira, a cachorra do meu primo! Ela é ou não é uma fofa?

E por último, o amanhecer em Montes Claros, antes de eu ir embora! O céu tava todo colorido, e as luzes da cidade ainda não tinham apagado, a visão que eu tinha era muito linda! 

Eu editei e postei todas as fotos pelo meu instagram, se quiser, segue lá: @Kamilacomka ;)

Ver as fotos me dá uma saudade... e eu espero que vocês tenham gostado de ver mais um pouco de um lugar que gosto tanto! =]

Beijos com docim de leite pro cês!

Pin It

Entre a rede e as estrelas


De vez em quando, a gente precisa dar um pouco de paz (ou de tormento) a nossa mente. 
Pra mim, não existe melhor lugar no mundo do que aqui, sentada na rede, no quintal da casa da minha vó, numa noite gostosa, com um céu todo brilhante. Bobo? Talvez, mas se quer minha opinião, todos deviam se sentir meio bobos ao ver um céu tão lindo assim. 
E é nessas horas que eu vejo o quanto essa rede e essas estrelas me conhecem. Muito mesmo. Cada pedacinho meu. Choros, triunfos, amores, decisões. É como se não existisse lugar no mundo mais meu do que esse. 
Estive pensando em fazer mais um pedido a essas estrelas, mesmo achando que já pedi a minha vida inteira pra elas. Dessa vez, só queria que essa noite não acabasse e eu pudesse ficar aqui, no meu mundo entre o tudo e o nada. 
E é com muita dó que eu tiro meus fones, deixo o sereno e essas estrelas brilhando, com essa lembrança gravada pra nas próximas férias quando eu voltar aqui, retomar exatamente de onde parei. 

Hora de ser a moça da capital de novo Kamila. 


Pin It

Campanha dia do amigo


O recado hoje é super rapidinho!
Como vocês sabem, hoje, dia 20 de Julho é o dia do amigo. A PremieR Pet começou uma campanha super bacana, em que eles vão doar a quantidade de "curtidas" que a página receber em gramas de ração para cães e gatos para várias instituições que ajudam nossos pequenos melhores amigos!

Vamos ajudar? É só curtir essa página!

E Feliz dia do amigo galera =]

Pin It

Look do dia: Show


É comum em cidades do interior, principalmente de São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Goiás, ter uma época do ano separada pra Exposição/Rodeio/Festa religiosa local ou aniversário da cidade, que acaba sendo uma festa grande, com algum show famoso, um parque de diversão e várias barraquinhas, tipo festa junina! 
É muito legal mesmo!
O look de hoje eu usei no aniversário da cidade de Bocaiúva, no show do Cesar Menotti e Fabiano! Usei um vestido todo de paetê (comprei em uma loja dessas que você passa compra e não lembra o nome) com uma meia fina cor da pele pra não passar frio e o salto da C&A.





São poucas fotos, não gosto de tirar fotos a noite e nem dentro de casa, mas já deu pra ter uma ideia né? E aí, gostaram produção?

Pin It

Coração de interior


Quando eu era pequena e chegava em Bocaíuva, meu avô me pegava no colo e me dava um punhado de bala. Eu era a única neta pequena que morava longe, e ele me tratava com todo o carinho possível, como se todo o carinho estivesse acumulado pra todas as vezes que eu chegasse lá.
Quando eu chegava na casa da minha avó, sempre tinha uma festa pra nos receber. Macarrão, frango caipira, farofa, queijo, bolo, doce de leite. Não lembro de tudo, só dos meus preferidos. Eu comia rápido, pra poder ir brincar com meus primos. A melhor parte da minha infância.
O interior cria as crianças de um jeito único: elas são livres. Não é à toa que as pessoas tem mania de dizer que "moleque do interior é arteiro". Ser livre é uma arte. Eu me esbaldava brincando de esconde-esconde na rua, pega bandeira, pega-pega americano, e as outras zilhões de brincadeiras que o tempo me roubou o nome.
Aqui eu aprendi como se brinca de verdade, aprendi a andar de bicicleta, aprendi a andar de patins, aprendi a ver como as estrelas brilham a noite, aprendi como andar a cavalo, aprendi a jogar Mario, aprendi a ter um melhor amigo, aprendi a ter saudades, aprendi a sair a noite, aprendi que o real valor da vida está no que se vive, e principalmente, aprendi a amar.
Eu cresci assim, coração de interior em menina da capital. Não importa o tempo que passe.
Hoje, nesse exato instante, aprendi que você é tudo o que você viveu, e eu nunca seria quem eu sou se não tivesse os melhores verões da minha vida aqui, com cada queda e cada risada.

Bem vinda de volta a sua terra Kamila, você é mais mineira do que imagina.

Pin It

Assisti e vale a pena duplo: Universidade Monstros e Meu malvado favorito 2

Julho e Janeiro, por serem meses de férias normalmente as grandes produtoras lançam filmes infantis. Eu amo filmes infantis e sempre que posso assisto! Fui assistir Universidade dos Monstros semana passada no cinema e assisti Meu Malvado Favorito 2 ontem, então resolvi fazer um post duplo e falar dos dois filmes.

Universidade Monstros



O filme conta a história de Mike e Sully na Universisade, antes de entrarem pra Montros S.A. O primeiro filme foi lançado em 2001, onde os dois grandes amigos assustam crianças pra conseguir gerar energia de Monstrópolis, cidade em que vivem. Depois de tanto sucesso, esse ano finalmente lançaram Universidade Monstros.
Assisti o filme em 3D, mas acredito que se tivesse assistido em 2D não mudaria muita coisa. Gostei bastante do filme, ficou muito bom, quero assistir outras vezes. Acredito que ficou melhor do que se eles tivessem pensado em fazer um "Monstros SA 2" com uma Boo crescida. Acho que ela tinha que ser sempre criança, então foi uma ótima forma deles criarem um outro filme com Mike e Sully sem modificar a primeira história.



Meu Malvado Favorito 2



 Infelizmente eu não assisti o primeiro filme, então a resenha vai ser baseada somente no segundo filme ok?
GRU foi selecionado pela liga anti-vilões para uma missão: resgatar uma substância que transforma as criaturas em seres indestrutíveis. A Liga escala para ele uma ajudante, a Lucy, por quem no início ele tem antipatia, mas aos poucos vai ganhando seu coração. Também assisti o filme em 3D, e acho que esse vale realmente a pena, por conta dos Mínions, que roubam a cena no filme e o tornam completamente hilário!
Não tem como não amar esses pequenos seres desastrados e carinhosos!
Gostei tanto dos Minions, que pesquisei e achei outros vídeos bem legais deles:





Uma graça né? hahaha
Quem aí já assistiu os filmes? Gostou? Deixa aí sua opinião ;)

Pin It

Uma manhã em Curitiba

Curitiba, frio e Ka gripada hahah
Lembra que semana passada eu comentei que tinha passado numa faculdade lá em Curitiba? Ontem de manhã eu fui pra lá, tinha marcado de conversar com a coordenadora da Arquitetura pra saber se teria como eu aproveitar o tempo que eu já tinha estudado aqui em São Paulo. Depois de muita conversa, avaliamos e achamos melhor que eu continuasse aqui em São Paulo e tentasse transferência, já que se eu me matriculasse, ia ficar um ano esperando a turma me alcançar. Mas valeu a pena ir, tentar e saber mais. 

Curitiba me recebeu de braços abertos! Nunca tinha ido lá, e as pessoas são acolhedoras e muito educadas. A cidade é bonita, e o transporte é excelente. O tempo que eu passei lá foi rapidinho, só uma manhã, então não conheci lugares que normalmente os turistas vão, mas fiz uns cliques nas ruas que eu passei, do celular mesmo, e vou mostrar um pouco de Curitiba pra vocês!






São poucas fotos, mas já deu pra ter uma ideia da cidade né?
Estava MUITO frio lá! E como eu fui meio doente, o clima piorou a minha gripe e eu precisei ir embora antes (o plano inicial era ficar lá ontem e hoje). Mas agora que eu sei o quanto é simples andar lá, pretendo voltar mais vezes e conhecer os lugares turísticos de lá e muito mais. Mas não vão faltar oportunidades não é mesmo?

Pin It

Experiência de compra no Tanlup


Eu vivo comprando bugigangas na internet.
Gosto muito de coisas diferentes, e nem sempre eu encontro essas coisas diferentes por um preço bom no meu bolso em lojas físicas. E aí eu apelo pra internet. E Vale a pena viu. Se você tiver paciência pra garimpar, consegue achar o que você queria por menos da metade do preço.
Minha última compra foi num site chamado Tanlup. Ele é uma espécie de mercado livre: são várias lojas, com vários vendedores diferentes, em que qualquer um pode ser vendedor e comprador, mas o que o difere, é que o site só aceita que venda coisas legais, diferentes, garimpadas, bazar, etc.
Já tinha um tempo que eu queria o Tricot que eu comprei, mas como nunca achava em loja física, apelei pro google e caí em uma loja do Tanlup (Valéria Alves). Nunca tinha comprado nada lá antes, por isso usei o "Contatos" da loja pra tirar todas as minhas dúvidas.
O Tricot que eu queria se encontrava no estoque, tudo certinho. Fiz o pedido dia 22/06, e como paguei através do cartão, meu pedido foi enviado dois dias depois. Meu tricot chegou dia 01/07 lá no escritório que eu trabalho (ignorem a bagunça da mesa haha).


A Valéria foi super atenciosa, me respondeu todos os emails, e até mandou o meu Tricot numa caixa de presente e embrulhada! Fiquei ainda mais contente quando abri, o meu pedido certinho e tinha até um Mimo e um recadinho da Valéria junto com o cartão da loja dela!


E pra não deixar vocês com curiosidade, tirei também uma foto do meu Tricot! Ele é um cropped com o simbolo do Starbucks Cofee. Achei bem a minha cara. Quem sabe mais pra frente não tem até um look do dia com ele?


Aprovei o Tanlup! Quem sabe mais pra frente eu não faço uma lojinha também? haha projetos futuros!

E vocês? Já compraram no Tanlup antes? Conta aí a sua experiência!

Ps: Esse post não tem qualquer patrocínio ou parceria. Tudo o que está escrito foi com a minha opinião com a minha experiência de compra. 

Pin It

Resenha: A culpa é das estrelas



Título: A culpa é das estrelas
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Gênero: Romance
Total: 283 Páginas
Valor: R$ 29,90 na Saraiva
Tempo: 29 de Junho a 05 de julho

Sinopse
Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.




Resenha
Estou de ressaca literária, e não tenho nem ideia de como começar essa resenha. Primeiro porque fazia muito tempo que eu procurava um livro assim pra ler: que me emocionasse de verdade. Gosto de livros que me emocionam, eles se tornam meus favoritos.
O livro começa com a vida de Hazel, nada convencional pra uma menina de 16 anos. Hazel tem um câncer terminal, e se trata para conseguir viver mais, já que seu destino final já está diagnosticado. Hazel é uma menina caseira, optou por estudar fora da escola quando a doença se alastrou, e passa grande parte do tempo com seu livro favorito, assistindo um programa de TV e eventualmente frequentando um grupo de apoio. Em uma dessas reuniões, ela conhece Augustus Waters, um garoto que perdeu uma perna pro câncer, que fuma sem acender um cigarro, e sempre vê a vida da forma mais positiva possível.

A Culpa é das estrelas fala de morte, mas principalmente da vida, do que vale a pena viver. Existem diversos infinitos, mas a cada um se da a intensidade que quer. E é exatamente o que vale a pena viver que Augustus e Hazel vivem. Me apaixonei por cada um deles e cada instante que passaram juntos. Me surpreendi em determinada parte da história, e o final me emocionou de forma que eu já coloquei "A Culpa é das estrelas" na lista dos meus favoritos, junto com outros três livros, que conto outro dia.
O livro é narrado pela própria personagem, de forma simples e espontânea. O leitor realmente se prende na história. Vale a pena ter, ler e reler.


Classificação
Muito Bom

E vocês? Já leram "A Culpa é das estrelas" ou algum outro livro do John Green? O que acharam?


Pin It

O dia que eu consegui!


Desde segunda feira, quando publiquei meu último post, olhei na agenda e lembrei que saia o resultado do SiSU, minha vida mudou completamente.
Mas antes, os antecedentes.
Terminei meu ensino médio em 2010, junto com meu técnico de Design de Interiores. Desde aquele 3 de Dezembro de 2010, tudo o que eu fiz foi pra chegar onde eu cheguei nessa segunda, 01 de Julho de 2013. Sim, eu gosto de decorar datas. 
Assim que eu terminei o ensino médio, fui fazer Turismo na Fatec, nunca foi o meu sonho, mas foi o que eu podia fazer naquele momento. Fiz um ano, e digo com toda certeza que esse ano nunca foi jogado fora, muito pelo contrário, foi um dos anos mais aproveitados da minha vida. Mas não tinha jeito. Meu sonho era arquitetura. E assim fui pro cursinho. 
Fiz um bom tempo de cursinho. Tentei USP, Unesp e Enem. Mas não deu. Consegui duas faculdades. Uma com bolsa, em Montes Claros- MG, e uma outra faculdade particular aqui em São Paulo, ótima no meu curso, porém cara pro meu bolso. Acabei resolvendo ficar aqui em São Paulo e trabalhar pra ajudar na faculdade.
Comecei o curso dos meus sonhos, mas o custo de uma faculdade particular pesa bastante. Nunca fui de desistir das coisas que eu realmente queria, e não desisti. Mais uma vez, prestei Enem no final do ano passado. Não passei por duas pessoas na transferência da Federal de Viçosa, em Minas. Depois veio a prova de transferência da USP, quando cheguei até a desativar o blog pra me focar nos estudos, mas também não deu. Nisso, já completei um ano de faculdade.

E mais uma vez, eu tentei, mas dessa vez eu consegui. 

Eu nunca imaginei que minha vida poderia mudar assim, de repente. Nunca pensei que eu teria a oportunidade de começar de novo, na Federal e em algum lugar que não fosse Minas Gerais ou São Paulo. Ainda não sei o que vai acontecer nos próximos dias. Não sei se vou continuar em São Paulo ou me mudar pra Curitiba, tudo continua muito incerto ainda. Mas uma coisa ninguém me tira: Eu consegui. 

Consegui e agradeço a todos que me deram forças pra continuar, quando teve uma época que nem eu mesma acreditava mais que conseguiria. Inclusive a você que é meu leitor, e sempre me manda vibrações positivas. Você é mais meu amigo do que imagina. Você também faz parte dessa conquista. 
Obrigada, de coração.

PS: Gente, ta tudo muito corrido, mas assim que eu tiver um tempinho eu respondo todos os comentários nos seus blogs ok?? =]

Pin It

Wishlist literária das férias


Férias é tempo de passar tudo a limpo. Inclusive a leitura do primeiro semestre que acabou não dando tempo de terminar. Minha listinha é bem curta, mas são livros que eu já queria ler há um tempo!
Lembra da enquete que tinha aqui na lateral, perguntando sobre resenhas? 
Então, a partir de agora começarei a fazer resenhas de livros no blog ;)


Morte Súbita - J.K. Rowling
Quando Barry FairBrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque. A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra. Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com os maridos, professores em guerra com os alunos… Pagford não é o que parece ser à primeira vista.

O palácio da Meia- Noite - Carlos Ruiz Zafón
Ben e Sheere são irmãos gêmeos cujos caminhos se separaram logo após o nascimento: ele passou a infância num orfanato, enquanto ela seguiu uma vida errante junto à avó, Aryami Bosé. Os dois se reencontram quando estão prestes a completar 16 anos.  Junto com o grupo Chowbar Society, formado por Ben e outros seis órfãos e que se reúnem no Palácio da Meia-Noite, Ben e Sheere embarcam numa arriscada investigação para solucionar o mistério de sua trágica história. Uma idosa lhes fala do passado: um terrível acidente numa estação ferroviária, um pássaro de fogo e a maldição que ameaça destruí-los. Os meninos acabam chegando até as ruínas da velha estação ferroviária de Jheeter’s Gate, onde enfrentam o temível pássaro.

O segundo suspiro - Philippe Pozzo Di Borgo
Philippe Pozzo di Borgo era um executivo de sucesso e herdeiro de duas tradicionais famílias francesas. Porém em 1993 sua vida sofre uma reviravolta dramática quando, após um acidente de parapente, ele fica tetraplégico. Na mesma época, sua mulher, Béatrice, enfrenta uma doença terminal. Em meio à dor, Pozzo di Borgo isola-se em sua luxuosa casa em Paris e passa a ter como acompanhante o argelino Abdel, genioso e desinibido com as mulheres — mas que, por trás de sua fachada temperamental, também sofre da solidão e da sensação de deslocamento. Entre o aristocrata e seu “diabo guardião”, surge uma inesperada camaradagem que transforma suas vidas. Abdel introduz em seu cotidiano a aventura e o imprevisível, e Pozzo di Borgo descobre que, mesmo nas mais adversas das condições, é possível cultivar um intenso apetite pela vida, voltar a amar e ser amado.

A culpa é das estrelas - John Green
Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

Alguém aí já leu algum desses livros? Gostou? Só não vale soltar spoilers hein? haha

Pin It