Novo Luna Rubi: o que eu achei da nova fragrância da Natura



Oi gente, tudo bem com vocês? 

Hoje eu venho aqui mostrar ora vocês uma novidade muito legal da Natura: o novo Luna Rubi! Mas antes de contar pra vocês sobre o perfume, eu queria contar pra vocês que eu recebi o perfume por ser uma Insider selecionada da campanha. Ué, mas o que é Insider?

O The Insiders Brasil é uma empresa de marketing digital que lança campanhas em que pessoas normais como eu e você podemos testar os produtos em primeira mão e contar pras empresas o que a gente achou do produto. Bem legal né?

E na minha primeira campanha eu fui selecionada para testar no Luna Rubi, da Natura. 


A campanha deles está com uma pegada muito legal, que é o de: viver a vida sem vergonha e ser quem realmente você é. E o perfume combina muito com isso: ousada desde a embalagem, que tem o design todo irregular, mas que ao mesmo tempo lembra uma pétala de rosa, a fragrância é intensa, sensual e muito marcante. Composta de flores vermelhas, notas adocicadas de amêndoas e ingredientes nacionais como o Ishpink, a canela da amazônia e Priprioca. 

Eu testei ele a noite, e eu me surpreendi com a fixação, já que no dia seguinte eu ainda conseguia sentir o cheirinho no meu pulso. O que me fez gostar ainda mais do perfume, já que não adianta ser cheiroso e não fixar, mas o novo Luna Rubi tem os dois!

E agora eu quero saber de vocês, o que é uma mulher sem vergonha para você? Me conta aqui nos comentários! Eu já deixei a minha resposta na legenda da foto do Luna Rubi no meu insta @kacomkEu amei ter participado da campanha e espero participar de muitas outras pra poder contar pra vocês as minhas impressões! 

E por hoje é só! Um beijo e até a próxima! 💓

Dicas pra economizar em compras online


Oi gente, tudo bem com vocês? 

A cada dia eu faço mais compras online. Seja pela oferta de produtos, que nem sempre encontramos nas lojas físicas próximas a nós, como acontecia muito quando eu morava em Ouro Preto, ou até mesmo para poder analisar os preços e achar a melhor opção custo/benefício. E é por isso que hoje eu vou dar algumas dicas que fui aprendendo nesses anos de compradora pra vocês economizarem na hora de comprar online, e seu dinheirinho render mais! Vocês vão ver que dá pra aplicar em quase todas as compras, e olha que eu já comprei de tudo: guarda-roupa, TV, notebook, Câmera, Roupa, maquiagem, cobertor, livro, caderno, agenda, mochila, e até brinquedinhos pra minha doguinha! As dicas são aplicáveis até mesmo se você quiser comprar uma passagem, reservar um lugar pra ficar na sua viagem, ir ao cinema enfim, são infinitas possibilidades! 

A primeira dica vai pros impulsivos: tenha em mente o que você quer comprar. Exatamente pela facilidade de ter tudo na mão, recebemos ofertas o tempo todo nas redes sociais, e nem sempre precisamos de tudo o que vemos por aí. Então se faça algumas perguntas: Eu realmente preciso disso? Eu posso pagar? O valor vale a pena?

A segunda dica é use e abuse das ferramentas de pesquisa. Você pode pesquisar por sites que possuam clubes de fidelidade, em que você cadastra seu email e recebe ofertas exclusivas, pode pesquisar por produtos semelhantes ao que você procura, e se a loja apresenta cashback, você pode se cadastrar e receber uma porcentagem do dinheiro da compra em créditos para outras compras ou ainda usar a função shopping dessas ferramentas e colocar os elementos para serem distribuídos pelo menor preço. Essa última dica também vale ao acessar os sites das grandes lojas, que muitas vezes vendem o mesmo produto com valores distintos por conta dos diferentes fornecedores, então busque o produto em lojas diferentes, e se certifique de que é uma loja realmente segura.  

Assim você vai ver quanto o produto custa e pode analisar quanto custa o frete em cada caso. E aqui você precisa ter muita atenção: em algumas vezes, o produto pode ser mais em conta,mas o frete pode sair mais caro do que o valor final em outro site, onde o produto era mais caro, mas o frete era grátis ou mais em conta. Então busque ver sempre quanto fica o preço final do produto (custo + frete). É legal também pesquisar por opções de frete grátis, já que dependendo da região que você mora o frete pode sair quase o preço do produto ou se você tem a opção de ir até a loja, vários sites disponibilizam a retirada dos produtos nas lojas físicas sem custo do frete. 



A minha dica de ouro e que eu não deixo de fazer em nenhuma compra é sempre usar cupons de desconto. Essa parece uma dica boba, mas se você já vai comprar o produto, qualquer desconto é válido, afinal, antes um pouquinho no seu bolso do que tudo no bolso do outro, não é mesmo?! 

Existem vários tipos de cupons de desconto e cada loja pode disponibilizar um deles ou mais. Há cupons de desconto direto no carrinho, tem aqueles de primeira compra, outros são para determinado número de itens ou valores comprados, alguns para frete grátis, outros para determinados produtos no site e há ainda os cupons comemorativos, que são ligados à eventos do ano, como o dia das mães, dia dos namorados, black friday ou natal, e todos fazem diferença no final da compra!

E o segredo pra sempre comprar com desconto é lembrar sempre de um site que disponibilize os cupons de desconto, assim você não vai ficar horas procurando eles na internet. A minha indicação vai para o Cupom Válido, que nunca me deixou na mão e tem as lojas que mais uso e sei que são confiáveis como Amazon, Netshoes, Avon, Americanas, Saraiva, Submarino, C&A, Boticário, Cobasi, Habibs, Ifood, 99, Carrefour, AliExpress, Airbnb, Chilli Beans, Natura, e muitos muitas outras!

E pra usar o cupom não tem segredo e é super seguro. É só procurar no Cupom Válido a loja que você quer comprar, clicar no cupom desejado, copiar, ir à loja e colar ele na etapa de conclusão da compra. Prontinho!

Além do cupom, é possível comprar com mais desconto dependendo da forma de pagamento escolhida. Isso acontece já que algumas lojas dão desconto para pagamentos à vista, débito ou boleto bancário, e se torna possível somar dois descontos, o cupom + desconto na forma de pagamento


Ainda na etapa de pagamento é importante prestar atenção nas condições de parcelamento. Algumas lojas apresentam condições de parcelamentos sem juros para um número de prestações, e acima desse número é acrescentado um valor à cada parcela. Dependendo do que você esteja comprando, os juros podem aumentar muito o valor do produto. Então fique atento, simule os valores e fuja dos juros

Lembre sempre que é a cada pouquinho que se junta que se tem um montão! 

Espero que vocês tenham gostado das minhas dicas! Se você já usou algumas delas ou tem alguma outra dica, deixa aqui nos comentários que eu vou adorar testar na minha próxima compra online! 

E por hoje é só! Um beijo e até a próxima! 

Quando a mágica começa a acontecer


Lá pros meus 16 anos, eu tinha um bordão que eu usava pra tudo o que achava legal, o "é mágico".  Na época, tudo pra mim era mágico. Lembrei disso hoje, do nada no metrô,e parei pra pensar que o que houve na penúltima semana da minha vida, só poderia ser classificado por mágico.

Esse ano as coisas estavam andando em marcha lenta e eu estava perdida. Nessa mesma semana, na terça. eu escrevi um texto aqui dizendo que eu queria voltar a ter uma rotina com o blog porque isso me deixava mais perto de mim e que eu agarraria as oportunidades que a vida me desse.

E foi aí que a mágica começou.

No dia seguinte eu recebi várias ligações de um número desconhecido, e que eu evitei atender o dia inteiro, afinal eu não aguento mais a galera de telemarketing. Lá pela 8ª ligação do dia eu resolvi atender e pasmem: eu ganhei uma bolsa integral pra fazer pós-graduação. Confesso que era algo que eu jamais estava esperando, e fui fazer a prova só porque toda semana eu me inscrevo pra alguma prova nova e rolou. Algo já começou a acontecer.

E talvez a magia seja esse tal do lance de agarrar as oportunidades que a gente não espera. Por muito tempo eu fiquei sofrendo por uma oportunidade que não aconteceu pra mim, e que eu sei que se ela tivesse aparecido eu teria agarrado ela com todas as minhas forças.

E agora eu começo a trazer um pouco mais de criatividade pra minha vida. A Kamila da época do era mágico, ela tinha um caderninho mágico, que ela anotava o que inspirava, o que me fazia bem, coisas legais e tudo mais. Hoje, eu tive a ideia toda desse post no metrô - longe da internet. Gravei vários áudios e mandei pra mim mesma em um grupo que só tem eu pra chegar em casa e conseguir lembrar de um pouquinho.

Se há 15 dias atrás você me perguntasse o que eu esperaria hoje, eu te responderia que eu estaria igual. Mas que bom que isso mudou, porque me trás esperanças de que daqui 15 dias as coisas possam estar melhores ainda.

Eu gosto muito de ler, e acredito muito que temos "épocas" da vida que determinadas leituras nos caem melhor, e que acontece uma espécie de intuição. A primeira vez que eu senti isso foi quando li "Roube como um artista", em um momento que eu precisava de motivação pra ir pra frente. Um amigo meu já tinha me sugerido a leitura e eu ignorei. Depois de um tempo, eu estava de férias na minha casa, e tentando ler alguma coisa (eu sempre tenho livros não lidos por esse motivo), mas nenhuma leitura fluía.

Foi quando eu lembrei do "Roube como um artista" e eu senti que devia ler ele e começar naquele minuto. Eu peguei o telefone e comecei a ligar nas livrarias até achar uma que tinha a pronta entrega e deixar o meu separado. Lembro como se fosse hoje. Eu saí de casa pra ir lá na livraria cultura comprar um livro que eu poderia conseguir mais barato na internet. Mas fui. E foi uma das melhores leituras que eu já fiz na vida, e eu leio sempre que preciso me inspirar. Depois disso já lançaram a continuação, eu adquiri, mas ainda não senti o momento certo de lê-la.

Essa semana aconteceu algo muito parecido, mas com um livro que eu já tinha. Eu queria dar um tempo de ler livros digitais e fiquei na frente da minha estante e puxei "Pollyanna", achando que fosse uma leitura bem parecida com a série "Anne with an E", que se você não viu, eu recomendo muito, mesmo sendo histórias com sinopses muito parecidas. O tempo todo Pollyanna joga o "jogo do contente", que é em tudo o que acontece ela ver algo para ficar contente, mesmo que as coisas não sejam tão legais assim. E acho que tudo isso foi algum tipo de kryptonita pra mim. 

O mês nem acabou e eu já fiz tanta coisa que nem imaginaria no dia 01: estou matriculada na pós, perdi 3kgs, li ótimos livros, publiquei meus vídeos no youtube e divulguei no meu instagram, e fui em vários passeios muito legais aqui em São Paulo. E que essa onda continue por muito tempo!

E os próximos posts vão ser incríveis! Fiquem de olho aqui no blog, no meu insta @kacomk e no nosso canal! Um beijo e até a próxima! 💗

Vale a pena ter um Kindle?


A correria do dia a dia fez com que cada vez menos eu tivesse tempo para sentar e apreciar a leitura de um bom livro. Mesmo com a minha estante cheia de histórias, parecia que as leituras empacavam e eu não conseguia entender o motivo. 

Nos meus últimos períodos da faculdade, além de cursar muitas matérias, eu ainda comecei a trazer minhas coisas para São Paulo, o que fez com que os poucos livros que estavam comigo lá em Ouro Preto fossem umas das primeiras coisas a vir. Até que um dia uma amiga minha me mostrou o Kindle dela e eu resolvi dar uma chance. Primeiro porque eu descobri que o Kindle lia qualquer tipo de PDF, o que incluía os livros que eu já tinha em formato online e os arquivos da faculdade que eu precisava ler e gastava horrores com impressão/xerox. 

Meu Kindle é a 9ª versão Papperwhite, e a luz faz total diferença na leitura. A tela dele é programada para não cansar a vista, e ser bem parecido com um livro físico, e isso foi o que eu mais amei imediatamente, porque eu dividia quarto na república e isso me permitia ler um pouco antes de dormir sem atrapalhar minha roommate. Ainda no quesito vista, é possível ajustar o tipo de letra e tamanho, então você pode adaptar ao que for melhor para você.



Uma grande vantagem do Kindle é o peso, que é mais leve do que qualquer livro físico, o que facilita muito pra poder carregar ele pra qualquer lugar. E por ser digital, um Kindle tem memória para aproximadamente 3.000 livros, e até então ele não é programado pra que você fique mudando de aparelho, o que é muito bom, porque a vida útil dele é bem extensa. Outro ponto positivo é a bateria, que dura muito, mesmo se conectado ao Wifi. Eu leio bastante e dura aproximadamente 1 mês, então acho que tendo cuidado, a bateria não vicia. 

Outro aspecto que pra mim foi muito importante foi poder ter acesso aos livros em preços mais acessíveis. Por mais que eu estagiasse, não era sempre que sobrava grana pra comprar livros, e minha estante estava bem cheia, tanto que mesmo depois de um desapego bem grande, eu ainda não tenho onde colocar mais livros.



Para enviar os livros, você tem duas opções: baixar direto da loja Kindle ou enviar através do seu login ou email da amazon. Confesso que pra comprar da loja é tão fácil, que tem até que tomar cuidado, porque é literalmente "um toque" e você já compra. No processo de envio por email, ao adquirir o Kindle você cadastra uma conta, e envia de qualquer email para a conta, com o assunto "Convert", e pronto, livro/PDF no Kindle. 

Sobre o Kindle Unlimited eu infelizmente não posso opinar, pois não tive condições de adquirir ainda, mas como é uma opção vinculada ao Kindle achei legal trazer pra vocês, principalmente porque alguns acham que ao comprar o Kindle ele já vem com o Unlimited, o que é mentira. O Kindle Unlimited é uma assinatura mensal, em que você tem acesso a milhares de livros, incluindo lançamentos e os maiores best sellers.

Eu costumo baixar muitos livros em PDF ou no formato mobi através do LeLivros, um site que disponibiliza livros para download, com a finalidade de interessar ao leitor a adquirir o livro físico. Não tem milhares de títulos nem novidades, mas há várias opções bem legais de leitura e vem me ajudado bastante.


Mas nem tudo são flores né?

O que eu não curto muito no Kindle é a questão de controle de páginas, que é dado em porcentagem/tempo restante no capítulo/tempo retante no ebook. Isso me irrita bastante porque eu não gosto de dimensionar um livro em horas restantes, e acho que atrapalha um pouco se você for muito ansioso, principalmente se estiver lendo algo não tão interessante ou por obrigação. 

Acho que isso acabou acarretando em um segundo aspecto que eu não gosto muito no Kindle: ficar muito tempo na frente de alguma tela. O Kindle não cansa a vista, e isso é ótimo, mas eu sinto a necessidade de ficar um tempo longe de telas/internet, o que é uma das coisas que eu mais gosto em ler um livro, e que acaba sendo um pouco redundante no Kindle né? 

Espero que vocês tenham gostado, e se tiverem qualquer dúvida, é só deixar aqui nos comentários! E vocês, o que tem lido ultimamente? 

E por hoje é só! Um beijo e até a próxima!
KA COM K
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL