Esse não é um texto sobre o dia dos namorados


Amar, verbo intransitivo, aquele que não exige complemento.

Lembro da primeira vez que eu vi essa frase, há uns mil anos atrás em forma de scrap no orkut. O contexto não importa. O tempo passou, o orkut acabou, mas por algum motivo guardei essa frase comigo. Hoje eu sei o que foi.
Quando eu tinha 14 anos, conheci um cara que pensei que era o verdadeiro amor da minha vida. No começo, senti medo, mas depois fui me entregando ao sentimento. Eu realmente pensava que íamos namorar, nos casar e ser felizes para sempre. Pois bem, não preciso dizer o final da história né?

Eu amei esse cara com todas as minhas forças. Contava os dias e as horas todas as vezes que ia ver ele. E pra piorar, ele morava há 1000km de mim. Eu ficava nervosa. Tremia. Sentia borboletas no estômago e tinha até a nossa trilha sonora. Amores são saudáveis. Mas não quando viram obsessão. Não quando passa em cima de você. Não quando se torna a sua vida. Do mesmo jeito que não adianta namorar por carência, por precisar que alguém te complete.

Posso te contar um segredo? Só existe uma pessoa que te completa: Você.
Não adianta jogar seus defeitos nas costas do outro, nem achar que seus problemas vão resolver quando namorar. É lindo namorar, mas é extremamente trabalhoso. É algo que você se dedica, e tem que lidar com as novas coisas como ciúmes ou como saber equilibrar o tempo entre namorado, escola, amigos e família.

Eu acredito no amor com todas as minhas forças. Acredito em finais felizes, em amores à primeira vista e mais do que tudo no destino. Acredito que nada acontece por acaso, que tudo tem um propósito na nossa vida. Então para de ficar mal. Se você ainda não achou o cara, é porque ainda não é o momento certo.

O que você faz no meio de tudo isso? Ama.
Amar é verbo intransitivo. Amar não exige complemento. Ame você mesmo.

Pin It

8 comentários:

  1. Kamila, linda reflexão. Concordo com você.
    Devemos dar tempo ao tempo e se o "verdadeiro amor" ainda não apareceu é porque ainda não é a hora.
    Excelente texto mesmo.
    Beijinhos
    http://llaranjas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ta certo, você disse tudo. Só falta nossa auto estima nos acompanhar sempre! :s
    http://o-doce-mundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, auto estima é tudo e temos que deixá-la o mais saudável possível sempre! =]

      Beijos Laura!!

      Excluir
  3. Disse tudo. Tenho um amor há 3 anos 2 meses e me sinto realizada. Mas, antes bem antes de amá-lo me amor. Na minha opinião, quem não tem amor próprio não tem capacidade de amar outra pessoa. Amei este texto. E fiquei curiosa para saber o final da tua história com este menino..

    Att Fernanda,
    Blog Fernanda Macena
    Fashiolista Fernanda Macena
    We Heart It Fernanda Macena
    Beijos =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bonito Fernanda *-*
      Com certeza! É exatamente essa a reflexão que eu queria que o texto causasse! Sobre o menino: vish! Dá história pra um post inteiro viu? hahaha vou escrever ;]

      Beijos!!

      Excluir
  4. Acho que isso acontece muitas vezes na vida, de achar que encontrou a pessoa certa e que vamos passar o resto da vida com ela.
    O que muda é que a gente cresce e começa a saber dosar melhor a forma que a gente se entrega, se dá a esse sentimento.
    Eu acredito no amor, e provavelmente vou acreditar pra sempre.
    Beijos

    www.nadadeperfeicao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Lidia! Você aprende que deve se amar primeiro antes de amar o outro! E eu também vou acreditar no amor, até o fim!

      Beijos!!!

      Excluir

Oi, tudo bem? Espero que você tenha gostado da postagem. Poxa, você chegou até aqui, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Mas seja sempre positivo, comentários ofensivos serão apagados ok?
Se tiver um blog, deixa o link que eu visito de volta :)

Ah, e volte sempre hein?

Ps: se possível deixe seu link assim: Ka com K =)