As liquis de inverno e a botinha perfeita


Liquidação de inverno: a melhor época do ano para comprar as coisas mais bonitas, pelos preços mais legais. 

Ano passado, nessa época entre Agosto e Setembro, comprei a maioria das minhas jaquetas de corino/couro. Não existe peça mais versátil e duradoura, e o que a torna mais linda ainda: paguei 60 rúpias em cada uma na liqui de inverno do ano passado, e vi todas elas a venda esse ano de novo, por mais de 130 rúpias.

Esse ano, a dona Ka anda desempregada, e vi mais coisa que me fez passar vontade do que comprei. Mas o achado do ano cá está: a botinha baixa da Vizzano na Emme, por, pasmem: 70 rúpias.

Minha história de amor com a botinha perfeita começou um belo dia que eu passeava à toa na Marisa, em busca de um óculos de sol. Não que eu tenha enjoado do meu Ray Ban, mas com essa coisa toda de mudar, achei que merecia um óculos novo. Eis que, eu descobri que a Marisa agora tem uma sessão de sapatos. 

Eu costumo ir direto e reto nas sapatilhas, pra ver se tem alguma promoção. Mas passei por elas, nenhuma me chamou a atenção e passei por acaso do lado das botinhas. Me apaixonei por essa botinha. Olhei o preço. 160 rúpias. Ok, não estava caro, se eu fosse trabalhadora. Em tempos difíceis uma botinha nesse valor ia me tirar vários passeios no mês. Resolvi esperar. 

Quando voltei de Ouro Preto, pra passar férias em São Paulo, descobri que a Marisa estava com aquela promoção a preço de Banana. Dei uma passada rápida pelas roupas que eu não poderia comprar, e fui direto e reto atrás da botinha dos sonhos. Sim, ela estava na promoção por 100 rúpias. Na cor marrom e tamanho 36. 

O amor não foi à primeira vista, mas rolou química. Experimentei a marronzinha, entrou, mas a 37 com certeza ficaria perfeita. Resolvi procurar em outra Marisa. E outra. E nada de achar nem 37 preta, nem marrom. E até a 36 marrom estava ficando escassa. E aí eu voltei na Marisa e fiz a reserva da 36 marrom. 

Acontece que, sexta feira, quando fui na exposição do Castelo Rá-Tim-Bum, dei uma passada na casa da minha amiga, que estava toda faceira com a botinha nova dela. Sim, ela mesma. A botinha preta comprada por 70 rúpias na Emme. 

E aí que eu decidi que tinha que ir na Emme. Vai que tinha uma 36 preta perdidinha por lá. E ontem fui, direto e reto na parte das botinhas. Só tinha pretas. Três botinhas. Sorte, vamos lá, você já me anda em falta com o amor né?

A primeira era uma 38. Putz. A segunda 39. Só tinha mais uma. E parecia grande. Sem criar expectativas mocinha. Peguei. Virei: 37. Peguei o outro par e virei: 37. Não acreditei. Era sorte demais pra uma Ka só. Experimentei e fui direto pro caixa, alegre e contente de dar 70 rúpias numa botinha boa, e que com certeza vou aproveitar. 

Moral das liquidações de inverno: Compre aquilo que você quer e que vale a pena pelo custo benefício. E essa vai ser a melhor compra que você já fez. 



Pin It

2 comentários:

  1. Ahhh eu amo essa epoca, é a melhor epoca de comprar roupa mesmo! Comprei na Marisa uma blusa maravilhosa, tipo a blusa da minha vida haha, na riachuelo comprei umas outras também, o negocio é que é maravilhoso encontrar uma roupa que você gosta por um preço bom. Melhor sensação da vida!
    www.naoruiva.com

    ResponderExcluir
  2. A botinha super valeu a pena!!!!Ela é linda com esses detalhes dourados e o preço pra um produto de qualidade como esse foi ótimo!Esse é um dos tipos de história de amor que eu mais gosto,hahaha!
    Beijos da Bia!♥♥♥

    http://www.strelateen.com/

    ResponderExcluir

Oi, tudo bem? Espero que você tenha gostado da postagem. Poxa, você chegou até aqui, que tal deixar um comentário com a sua opinião? Mas seja sempre positivo, comentários ofensivos serão apagados ok?
Se tiver um blog, deixa o link que eu visito de volta :)

Ah, e volte sempre hein?

Ps: se possível deixe seu link assim: Ka com K =)